*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

domingo, 29 de janeiro de 2012

"Defesa manobra para terrorista ficar no Brasil

As últimas declarações do terrorista italiano Cesare Battisti, agredindo seu próprio país, piora a situação dele no Brasil. O juiz Alexandre Vidigal de Oliveira, da 20ª Vara Federal, vai decidir sobre a estada privilegiada do bandidão no País, em resposta a carta precatória da Itália que chegou em 6 de dezembro passado. Mas a chicana jurídica dos caríssimos advogados de Battisti força o juiz a protelar a decisão.
Xô, terrorista
As manobras protelatórias empurraram a decisão final para depois do Carnaval, que se espera seja o último de Cesare Battisti no País.
Transitado em julgado
Cesare Battisti foi condenado duas vezes à prisão perpétua na Itália por quatro assassinatos a serviço de uma organização terrorista.
Um falsificador
Battisti é acusado de cometer crimes federais como falsificação de passaportes e documentos civis para entrar no Brasil.
Fonte: Claudio Humberto

Um comentário:

Mariana disse...

Por muito menos, um brasileiro, em qualquer lugar do mundo, estaria frito.