Clique na imagem

*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Militares apóiam Serra

Comunicado Nº 213
Rio de Janeiro, 26 de outubro de 2010.
Prezado(a) Senhor(a),
No próximo domingo, dia 31, será realizado o segundo turno das eleições presidenciais, oportunidade em que se definirá o chefe de Governo para os próximos quatro anos, cargo de suma importância para o País, regido por regime presidencialista.
Domingo passado, 24, conversei com o candidato José Serra, durante a caminhada no calçadão de Copacabana-RJ, tendo o mesmo me confirmado seu compromisso com os militares das Forças Armadas, nos termos de sua "CARTA AOS MILITARES", já divulgada na Internet e cujo acesso disponibilizo neste Comunicado.
Desta forma, confirmo publicamente meu apoio e voto em José Serra, no segundo turno das eleições em 31 de outubro, pelos seguintes motivos:
1. Compromisso do candidato em manter nosso regime previdenciário;
2. Sua posição contrária ao PNDH-3, proposto pelo governo do PT, por prever, dentre outras impropriedades, os seguintes absurdos:
- fim da propriedade privada;
- retirada dos símbolos religiosos das repartições públicas;
- revisão unilateral da Lei de Anistia;
- censura à imprensa;
- permissão de adoção de crianças por casais homossexuais.
Vale ressaltar que integrantes do PT, com intuito de perpetuação no poder com votos de beneficiários de programas assistencialistas, desejam a implantação de previdência universal e imposto de renda progressivo, nivelando todos por baixo, sem considerar o mérito individual nem estimular a busca de melhor situação sócio-econômica pelo esforço, estudo, competência e dedicação.
Cordialmente,
JAIR BOLSONARO
DEPUTADO FEDERAL - RJ
www.bolsonaro.com.br
"CARTA AOS MILITARES"
http://www.bolsonaro.com.br/jair/comunicado/2010/comunicado-213-carta-serra-45.htm
Nossa opinião, em plenário, sobre a candidata do PT.
Enviado pelo pastor Maroel Bispo

Um comentário:

Mariana disse...

Tá certo que o pavio curto de Jair Bolsonaro, às vêzes mete mêdo, mas êle está corretíssimo em sua preocupação com o futuro nebuloso do país, se governado por esta esquerdista dos de esquerda. Alguém que propõe uma ditadurazinha ordinária e safada como esta não merece o voto de gente de bem.
Quanto mais fico sabendo dessas coisas, mais duvido que essa turma, hoje no poder, tenha sofrido alguma coisa na época que chamam de "ditadura". Até acredito que alguns outros tenham sofrido, tenham sido injustiçados, mas NÃO FORAM ÊLES, os que estão aí, dando maus exemplos todos os dias, para os nossos jovens. Só falta tirarem a palavra ORDEM de nossa bandeira!!