*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

terça-feira, 30 de março de 2010

Commedia dell arte à brasileira

Clássico de Ariano Suassuana em Feira de Santana no domingo

"Farsa da Boa Preguiça", primeira peça de Ariano Suassuna montada pelo Teatro de Arena do Recife em parceria com Hermilo Borba Filho em 1960, ganha montagem itinerante através da parceria entre dois grupos de teatro da região e encerra turnê na Bahia.
O espetáculo, já visto por mais de 12 mil pessoas na Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, tem patrocínio do Programa Eletrobrás de Cultura e integra o prêmio Interações Estéticas - Residências Artísticas em Pontos de Cultura, e o Prêmio Funarte de Artes Cênicas na Rua.
A primeira cidade da Bahia onde a "Farsa..." se apresenta é Feira de Santana, no Espaço de Cultura, Arte e Lazer Marcus Morais, no domingo (4 de abril), às 18 horas. De Feira, a caravana segue para Cruz das Almas, se apresentando na terça-feira (6), às 18 horas, na praça Multiuso. As últimas apresentações desta turnê serão na (quinta-feira (8) e na sexta-feira (9), em Salvador, na praça Municipal - praça do Elevador Lacerda, às 18 horas.
Após cada apresentação será realizado um debate sobre o processo de montagem do espetáculo. Toda programação é gratuita.
A estréia nacional do espetáculo aconteceu em João Pessoa - cidade natal de Ariano Suassuna. O grupo percorre 21 cidades do Nordeste, realizando ao todo 23 apresentações em praças públicas.
A peça
É uma comédia escrita com base em romances e histórias populares do Nordeste. A peça conta a trajetória de Joaquim Simão, um tipo "amarelo" nordestino, cujas proezas são versos, preguiça e mulher. Casado com a apaixonada Nevinha, o poeta é vizinho de Aderaldo Catacão e de sua pseudo-intelectual esposa Clarabela, típicos representantes da burguesia capitalista.
Através de diversas reviravoltas e causos, orquestradas por um trio divino, composto por um cristo, um arcanjo e um santo, a trama vai cruzando o destino dos quatro personagens para mostrar que o único e verdadeiro objetivo do trabalho é a preguiça que ele proporciona depois. Enriquecendo a trama, três demônios utilizam vários disfarces e artimanhas para dificultarem os planos do trio. A "Farsa da Boa Preguiça" é um festejo a cultura popular brasileira, uma homenagem ao povo e revela toda a dimensão mítico-religiosa da cultura nordestina.
Na Bahia, a produção da peça é de Selma Santos Produções e Eventos. Em Feira de Santana, "Farsa da Boa Preguiça" conta com apoio logístico da Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, pelo Departamento de Atividades Culturais, e da Fundação Cultural Municipal Egberto Tavares Costa.
(Com informações da Secretaria de Comunicação Social)

3 comentários:

Mariana disse...

Só prá comentar, até porque você já deve saber. A Globonews, hoje, no "Via Brasil" mostrou uma reportagem sôbre a encenação de Cristo em Feira de Santana, reportagem esta feita por Milmara Nogueira. Este programa será repetido amanhã às 15:30hs.

Mariana disse...

Eu quis dizer "A Encenação da vida de Cristo", me descupe.

Flor de Lis disse...

Essa montagem é com o grupo Clowns de Shakespeare?Se for, não tirando o mérito, claro, do texto de Ariano Suassuna, é absolutamente imperdível!

Uma trupe incrível!Ótima pedida para o fim de semana em Feira de Santana!