Clique na imagem

*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Rádios e TVs de todo o país veiculam campanha do alistamento eleitoral dos jovens

Emissoras de rádio e televisão de todo o país veiculam, a partir desta segunda-feira, 22, propaganda institucional da Justiça Eleitoral alertando sobre o prazo para que os jovens que ainda não possuem o título e querem votar nas eleições gerais deste ano requeiram o documento. Quem completar 16 anos até 3 de outubro, dia das eleições, pode requerer o título até 5 de maio. O voto somente é obrigatório para os maiores de 18 anos. Para quem tem entre 16 e 18 anos e para os que têm mais de 70 o voto é facultativo, assim como para os analfabetos. Dia 5 de maio também é a data-limite para quem mudou de endereço pedir a transferência de domicílio e para o eleitor portador de necessidades especiais solicitar sua transferência para seção eleitoral especial.
Para tirar o título ou transferir o domicílio são necessários: identidade, comprovante de residência, título anterior (se for o caso) e, para os cidadãos do sexo masculino, comprovante de quitação militar.
Pré-atendimento virtual
Para adiantar o processo e evitar possíveis filas nos cartórios, o cidadão pode solicitar o título e atualizar seus dados cadastrais no site do TSE, por meio domeio do Título NET. É preciso, inicialmente, preencher o formulário virtual, com todas as informações solicitadas. Entretanto, para finalizar o procedimento é necessário que o requerente compareça a um cartório eleitoral, no prazo de cinco dias corridos, tendo em mãos os originais e as cópias dos documentos solicitados, além do número de protocolo gerado pelo pré-atendimento online. Quem não se apresentar pessoalmente no cartório, dentro do prazo determinado, terá o processo cancelado.
Campanha
A campanha de alistamento do eleitor é composta de dois vídeos e dois spots (Comunicado importante e Mudança). As emissoras podem fazer download das peças e do plano de mídia por meio da página do TSE na Internet, no destaque “Campanha publicitária”, ou clicar abaixo:
(Com informações do Centro de Divulgação da Justiça Eleitoral)

Nenhum comentário: