*

*

Rede Orient - A partir de quinta-feira, 14

Rede Orient - A partir de quinta-feira, 14
Orient Cineplace Boulevard - 15 - 18 (Dub) - 21 (Leg)

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

By, bye 2009

O Blog Demais fecha 2009 com esta postagem - a 465ª de dezembro e 4.632ª do ano. Com mais de 640 mil visitas.
Até o novo ano!

Filmes em Exibição no Orient Cineplace




Roteiro - Período de 1º a 7 de janeiro

PRÉ-ESTRÉIA
ALVIN E OS ESQUILOS 2
(Alvin and the Chipmunks 2), de Betty Thomas, 2009. Com Justin Long, Jason Lee, Anna Faris e Christina Applegate. Aventura. David Seville e os esquilos Alvin, Simon e Theodore estão de volta: todos eles cantam, mas os bichinhos continuam destruindo tudo o que está ao alcance. Quem sabe eles aprendem a se comportar quando aparece na história um grupo de fêmeas, as Esquiletes. Não recomendável para menores de 12 anos. Duração: 95 minutos. Horário 17 horas. Sala 3 (167 lugares).
LANÇAMENTO NACIONAL
LULA, O FILHO DO BRASIL
, de Fábio Barreto, 2009. Com Rui Ricardo Dias, Glória Pires, Juliana Baroni, Cléo Pires, Lucélia Santos e Millhem Cortaz. Drama. Biografia do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A obra reconstrói a trajetória da família de Lula, a partir da migração de Caetés, em Pernambuco, para São Paulo nos anos 50. A história aborda a difícil relação familiar de Lula com o pai, a matriarca D. Lindu, a carreira como líder sindical até chegar à Presidência da República. Não recomendável para menores de 10 anos. Duração: 130 minutos. Horários: 13 horas, 15h40, 18h20 e 21 horas, na Sala 4 (264 lugares) e às 21 horas, na Sala 3.
CONTINUAÇÕES
XUXA E O FANTÁSTICO MISTÉRIO DE FEIURINHA
, de Tizuka Yamasaki, 2009. Com Xuxa, Sasha Meneghel, Angélica, Luciano Szafir e Luciano Hulk. Fantasia. Bela Adormecida, Branca de Neve, Cinderela e Rapunzel são convocadas por Chapeuzinho Vermelho que comunica o desaparecimento da princesa Feiurinha. Em segunda semana. Classificação: Livre. Duração: 13h30, 15h20, 17h10 e 19h10. Sala 2 (160 Lugares).
A PRINCESA E O SAPO (The Princess and the Frog), de Ron Clements e John Musker, 2009. Animação. Em Nova Orleans, anos 20, uma jovem sonha em ter o seu próprio negócio. Ela conhece um sapo falante que a convence a beijá-lo para quebrar um feitiço. Em quarta semana. Classificação: Livre. Duração: 99 minutos. Horários: 13 e 15 horas. Sala 3 (167 lugares).
SEMPRE AO SEU LADO (Hachiko: A Dog’s Sotry), de Lasse Hellström, 2009. Com Richard Gere, Joan Allen, Sarah Roemer e Jason Alexander. Drama. Após vários anos de convivência, o cão Hachiko permanece por toda uma década esperando seu dono voltar, quando na verdade ele havia morrido. Em segunda semana. Classificação: Livre. Duração: 88 minutos. Horários: 19 horas e 20h50. Sala 3 (167 lugares)
AVATAR (Avatar), de James Cameron, 2009. Com Sam Worthington, Zoe Saldana, Sigourney Weaver, Michelle Rodriguez, Giovanni Ribisi, CCH Pounder e Wes Studi. Ação e aventura. No futuro, Jake é o ex-fuzileiro naval paraplégico enviado a um planeta chamado Pandora. Lá, além da riqueza em biodiversidade, existe também a raça humanóide Na'vi, com sua própria língua e cultura. O que evidentemente entra em choque com os humanos da Terra. Em terceira semana. Cópia dublada. Não recomendável para menores de 12 anos. Duração: 171 minutos. Horários: 14 horas, 17h20 e 20h40. Sala 1 (243 lugares).

ENDEREÇO E TELEFONE
Orient Cineplace - Multiplex do Boulevard Shopping, telefax 3225-3185 e telefone 3610-1515 para saber informações sobre programas e horários.
(Com informações do Departamento de Marketing da Orient Cinemas)

Votos de Jucimar Pedreira

Hoje é um novo dia... de novidades!
De um novo tempo... de acertar!
E para começar, vamos denunciar
Verônica, encontrar o Pelópidas
e fazer Luciana andar ouvindo
Dalva e Herivelto cantar nos
Tempos Modernos...
Que em 2010 tudo seja
MUITO diferente e que o
Ano Novo não seja apenas 09 e
SIM 10 para todos.
Viva a vida e faça Caras e Bocas
Sem cair em Cama de Gato...
Feliz Ano DIFERENTE & NOVO!

Votos de Feliz Ano Novo


Sem programação fora do país

O filme “Lula - o Filho do Brasil”, de Fábio Barreto, que tem lançamento nesta sexta-feira, 1º, nos cinemas brasileiros, inclusive em Itabuna e Feira de Santana, cinebiografia que retrata parte da vida do presidente Lula, não tem exibição prevista para a França e para a Espanha, onde ele recebeu título de "Homem do Ano" (pelo jornal francês "Le Monde"), e de "uma das cem personalidades do ano do mundo ibero-americano" (pelo jornal espanhol "El País").
Para nenhum outro circuito fora do Brasil o filme foi programado.
Postado de Itabuna

Semear é um ato profético em sua essência

"Um semeador saiu a semear a sua semente..." (Lucas 8: 5)

Por Roberto Dantas
Você lança uma semente que vai ser coberta por uma camada de terra, que vai ser NO TEMPO CERTO, movida por aquela pequena e frágil germinação, que vai virar uma plantinha, que vai crescer e virar uma arvore, que vai gerar muitas outras sementes, que vão formar uma enorme floresta,
Esse é o aspecto visionário e profético da semeadura, você tem que acreditar no que está fazendo. Você tem que escolher a boa semente e fazer com confiança e fé.
Em 1934, na vila Bavária de Furth, em meio a plena expansão do nazismo com as perseguições e morte dos judeus, havia um garoto de 11 anos chamado Heinz, judeu, que precisava a todo tempo escapar das provocações e confusões de desordeiros antisemitas. Algumas vezes ele escapou, outras não.
Um dia, em 1934, ele se debateu face a face com um grupo de jovens nazistas e a surra que levaria parecia inevitável, no entanto ele saiu ileso não por causa do que fez, mas sim do que disse. Ele não brigou, apenas falou. Ele convenceu os arruaceiros que a briga não era necessária apenas com o poder da palavra. Suas palavras contiveram a batalha e ele entendeu que com a língua poderia promover a paz. Ele desenvolveu essa habilidade e numa Alemanha dominada por Hitler teve inúmeras oportunidades de usa-la, até que sua família veio para a América e ele pode continuar a falar sobre a paz.
Assim o fez por décadas, de inicio a jovens e adolescentes e por fim aos mais poderosos governantes do mundo, de modo que seu nome já soava como sinônimo de Paz.
Não mais como Heinz, mas como nome anglicizado de Henry. HENRY KISSINGER.
Tudo por causa da semente que ele lançou naquele distante dia de 1934, portanto não despreze o poder de uma semente, de uma palavra bem falada, bem dita, bendita.
Não perca oportunidades de falar da Paz, do Amor, de Jesus, do plano da salvação. É uma semente que um dia vai germinar e virar uma floresta.
Deus te abençoe FARTA e PODEROSAMENTE em nome de Jesus.
Roberto Dantas é pastor e psicanalista

Postado de Itabuna

Até o próximo ano

Neste último dia do ano, quinta-feira, 31, o Blog Demais está sem postagens. Por conta de viagem até Itabuna, para evento familiar. Até o próximo ano.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Olhar sobre a flora e a fauna do Parque da Lagoa













Nas imagens captadas por Basílio Fernandez, a mostra da preservação do meio ambiente no Parque da Lagoa

Mensagem de Thomas Pracuch

Companheiro Dimas,

Agradeço a lembrança do meu nome entre os vários leitores do seu blog.
Poder saber o que acontece em Feira de Santana mesmo morando longe (em Fortaleza, Ceará), para mim é um presente que você tem proporcionado a todos que estão alinhados com as suas ideias ou mesmo aos que não concordam, porém sem apelações e principalmente com lições de bom português, algo raro hoje em dia.
Vou aproveitar e dizer que apesar do próximo ano ser 10 o seu blog é 1000!
Feliz 2010 e que seja um ano de muito sucesso a você sua família e seus leitores.
Abraços, Thomas Pracuch.

Votos de Ponciano

Planetário tem última sessão de 2009

O Planetário do Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo tem nesta quarta-feira, 30, às 20 horas, a sua última sessão pública do ano de 2009, com apresentação de “Explorando o Universo: Conhecendo o Céu Com Galileu”, realização em 3D para full dome (cúpula), com dublagem em português.
Equipamento administrado pela Fundação Cultural Municipal Egberto Tavares Costa, o Planetário completou seu primeiro ano de funcionamento no dia 15 de dezembro. Até esta quarta-feira, em 775 sessões programadas - públicas e agendadas por instituições (Foto: Basílio Fernandez) - a presença de 67.373 espectadores (média de 86,9 por sessão).
Na próxima segunda-feira (4 de janeiro de 2010), o Museu volta a funcionar normalmente, com sessões públicas em noites de quarta-feira e sexta-feira e vespertinas em sábado e domingo. Não existe cobrança de ingresso para ter acesso ao equipamento, que é único na América do Sul e sétimo no mundo.
(Com informações da Secretaria de Comunicação Social)

Tarcízio destaca crescimento de Feira de Santana no "Linha Direta"

Prefeito Tarcízio Pimenta, ao lado do secretário de Comunicação Edson Borges, destaca ações propositivas em entrevista a Dilson Barbosa
Foto: Silvio Tito/Secom

O crescimento econômico de Feira de Santana foi um dos pontos destacados pelo prefeito Tarcízio Pimenta ao fazer um balanço do primeiro ano de mandato à frente da Prefeitura de Feira de Santana, durante entrevista concedida ao programa "Linha Direta”, apresentado pelo radialista Dílson Barbosa, nesta quarta-feira, 30, na Rádio Sociedade 970 AM.
O prefeito Tarcízio Pimenta destacou o desempenho de Feira de Santana, que se tornou o sexto município brasileiro de maior capacidade de retorno em investimentos comerciais e empresariais. A posição é com base em dados levantados através de uma pesquisa realizada por uma multinacional e que foi decisiva para instalação de seis empreendimentos na cidade.Tarcízio Pimenta disse que o Brasil teve um comportamento equilibrado diante da crise que afetou o mundo inteiro, ficando praticamente zerado o Produto Interno Bruto (PIB), enquanto muitos países apresentaram índices negativos. “Em Feira de Santana, a resposta foi positiva com a chegada de novos investimentos somente no ano de 2009”, considerou.
O prefeito Tarcízio Pimenta também observou que Feira de Santana vem conquistando importantes destaques em indicadores a nível nacional, posicionando-se na 28ª colocação no ranking brasileiro sobre a geração de empregos formais (com carteira assinada), segundo o Ministério do Trabalho e Emprego.
Ele foi enfático ao afirmar que o Governo Municipal vem cumprindo seu papel proporcionando o desenvolvimento e o progresso de Feira de Santana, atraindo novos investimentos, gerando muito mais emprego e renda no município.
Tarcízio Pimenta aproveitou para destacar a inauguração da reforma da Policlínica do Parque Ipê, na noite de terça-feira, 29, e a inauguração do Parque da Lagoa, na manhã desta quarta-feira, 30, considerando-as importantes para a comunidade. Sobre a primeira, elevando o nível da assistência da saúde na rede municipal. Quanto ao Parque, transformando o local em point de lazer para crianças, jovens e adultos.
Para 2010, o prefeito Tarcízio Pimenta anunciou obras de pavimentação em diversos bairros, a conclusão das obras de construção de uma policlínica no bairro Parque Getúlio Vargas, pavimentação de estradas de acesso a diversas sedes de distritos, construção de novas praças, modernização da frota de ônibus, realização de concurso público, incentivos ao esporte amador e muitos outros investimentos.
“Vamos trabalhar muito mais para que possamos elevar o nível de vida do povo de Feira de Santana”, assegurou o prefeito Tarcízio Pimenta ao tempo que desejou um próspero Ano Novo para os baianos, especialmente os feirenses.
(Com informações da Secretaria de Comunicação Social)

Parque da Lagoa inaugurado


1. Tarcízio descerra placa de inauguração ao lado de José Ronaldo
2. Prefeito Tarcízio Pimenta anda pelo Parque depois de inaugurado
Fotos: ACM/Secom

Feira de Santana passa a dispor de mais um espaço de lazer com segurança e conforto. Na manhã desta quarta-feira, 30, o prefeito Tarcízio Pimenta entregou o Parque da Lagoa, localizado às margens da avenida José Falcão.
O equipamento faz parte de uma série de serviços efetuados pelo prefeito em seu primeiro ano de governo. Quem mora por perto, procura um espaço de lazer e até mesmo um local para fazer sua caminhada já pode desfrutar da nova área de lazer.
Na infra-estrutura do Parque da Lagoa, pista de cooper e pista de ciclismo com 550 metros, parque infantil, equipamento para atividade física, três quiosques, pontos para Internet gratuita e bancos de concreto, estacionamento para 80 carros. Também foram plantadas 1.500 mudas de árvores frutíferas e plantas medicinais.
Toda a área foi iluminada e passa a contar com segurança 24 horas. Serão seis homens trabalhando para manter a tranqüilidade de quem visita o Parque da Lagoa.
(Com informações da Secretaria de Comunicação Social)

Serviços dos Correios sobem de preço

Os preços dos principais serviços dos Correios vão subir a partir de 1º de janeiro de 2010. Para mandar uma carta não-comercial de até 20 gramas, por exemplo, o consumidor vai passar a pagar R$ 0,70, preço que até este restante de ano é de R$ 0,65.
Segundo portaria publicada nesta quarta-feira, 30, no "Diário Oficial da União", vão subir os preços para o envio de cartas, cartões postais, cartas comerciais, aerogramas, cartas franqueadas e telegramas. Vão subir também os preços para cartas, cartões postais e telegramas internacionais.
Enquanto isso, a carta social vai continuar custando R$ 0,01 - tem que ser enviada de pessoa física a pessoa física, com endereço escrito a mão, tem que ter peso de até dez gramas e trazer escrito "carta social" no canto inferior esquerdo do envelope.

Modelo de certidão de nascimento muda

Os cartórios vão passar a emitir um novo modelo de certidão de nascimento a partir de segunda-feira (4 de janeiro). O documento vai seguir padrão nacional, com o objetivo de ser mais simples e seguro.
A certidão de nascimento é o primeiro documento na vida de uma pessoa. O novo documento possui número de matrícula que identifica o cartório, ano, livro e folha na qual será feito o registro. O número poderá ser acessado pela Internet e será reconhecido em todo o país.

Horário de funcionamento do Boulevard

Nesta quinta-feira, 31
Lojas e praça de alimentação: das 10 às 17 horas; Multiplex: programação normal
Na sexta-feira, 1º de janeiro
Shopping fechado, exceto o Orient Cineplace
Sábado, 2
Lojas fechadas; Praça de alimentação e Lojas Americanas: das 12 às 21 horas; Hiper Bompreço: das 7 às 22 horas; Cinemas: programação normal
Domingo, 3
Funcionamento normal de domingo: Lojas das 14 às 20 horas; Praça de alimentação das 12 às 21 horas
(Com informaões do Departamento de Marketing do Boulevard Shopping)

Esquerda evangélica quer unificação de evangélicos do Brasil

De Julio Severo em "Mídia Sem Máscara"
A patota interessada em fazer os evangélicos brasileiros apoiarem e elegerem os legitimadores políticos do narcotráfico continental, do terrorismo, das políticas pró-aborto e pró-gayzismo já começa a conspirar para 2010.
Aí vamos nós de novo. Com a aproximação da eleição presidencial de 2010, os evangélicos marxistas - que detestam ficar de fora das eleições - ressurgem. Como sempre, com as propostas mais elegantes e enfeitadas para unir os evangélicos.
De acordo com a revista Ultimato, umas das mais antigas publicações evangélicas esquerdistas do Brasil, "no dia 14 de dezembro, cerca de 90 líderes de diversos movimentos, associações, organizações e redes evangélicas reuniram-se na Igreja Batista de Água Branca, em São Paulo, SP. Na pauta estava a proposta de formação de uma aliança que agregue organizações, movimentos, denominações e redes evangélicas no Brasil".
A igreja do encontro é dirigida por Ed René Kiviz, considerado por Ariovaldo Ramos um dos principais desbravadores socialistas evangélicos do Brasil. Aliás, ao citar sua própria participação na comemoração dos 25 anos de MST, Ramos também
mencionou outros socialistas evangélicos importantes: Geter Borges, Robinson Cavalcanti, Caio Fábio, Marina Silva, Valdir Steuernagel e tantos outros.
O "espírito" do evento pode ser percebido vendo-se o autor da carta-convite: Valdir Steuernagel, durante anos articulista da revista Ultimato.
Esse "espírito" pode também ser percebido vendo-se os autores das principais palavras da reunião: Ed René Kivitz e Paul Freston.
Kivitz dirigiu a primeira palavra, lembrando aos pastores presentes: "Precisamos de uma rede que se articule para chamar a igreja para o serviço. E não para representatividade. Não é para trabalharmos 'por nós', mas sim mobilizarmos as igrejas para esta bem-aventurança [compaixão e solidariedade]".
No entanto, não se sabe se ele se lembrou de mencionar aos pastores suas ligações pessoais com a ideologia marxista, conforme está exposto neste artigo:
http://juliosevero.blogspot.com/2009/06/evangelicos-progressistas-evangelicais.html
Freston, que deu a segunda palavra, já foi militante do PT e também tem ligações com a Ultimato, sendo autor de matérias de capa nela.
E, como não poderia deixar de ser, lá estava também o bispo anglicano dom Robinson Cavalcanti, igualmente ligado à revista Ultimato, ex-militante do PT e um dos fundadores do Movimento Evangélico Progressista (MEP), que trabalhou intensamente pela eleição de Lula em anos passados. Ele também deu sua palavra.
Por algum motivo que desconheço, a
matéria da Ultimato não mencionou a presença no evento de outro evangélico progressista também ligado a Ultimato: Ricardo Gondim. Será que Steuernagel se esqueceu de mandar uma carta-convite para seu irmão-kamarada? Pobre Gondim! Deve ser terrivelmente deprimente ficar de fora de uma genuína trama marxista com disfarce evangélico.
Ultimato, porém, faz questão de citar a participação de Silas Tostes, presidente da Associação de Missões Transculturais Brasileiras e Débora Fahur, da Rede Evangélica Nacional de Ação Social.
Inocentes úteis?
Houve a participação de muitos pastores e líderes que, sabendo ou não, estavam ali sendo direcionados por um time majoritariamente da Ultimato para a formação de algo que ninguém "sabe" o que é ou o que será.
O resultado final do encontro produziu uma "Carta de Princípios" - ao que tudo indica, a fim de incitar a algum tipo de aliança evangélica diante das eleições de 2010. O nome ainda não está definido, pois o objetivo primordial agora é atrair mais líderes para a visão dessa "aliança".
Talvez não seja difícil, principalmente porque eles têm sempre uma grande mídia evangélica marxista a seu lado, financiada muitas vezes por recursos de origem duvidosa. Além disso, com muitos discursos de flores e rosas, pode ser possível vencer qualquer resistência e suspeita.
O que me preocupa é o que virá no final, depois de todas as melosidades iniciais.
Valdir Steuernagel admitiu que ainda será preciso caminhar um pouco mais quanto à fundação da aliança. "Fica definido que a próxima reunião ainda não será a assembleia fundadora. Reconhecemos a necessidade de continuarmos conversando e de aglutinar mais pessoas em torno da proposta", concluiu Valdir, conforme
matéria da Ultimato, que finalizou deixando claro: "A Editora Ultimato, que tem apoiado o Grupo de Trabalho, estava presente à reunião".
Totalmente presente!
É preciso dizer mais?

Hospital Geral Clériston Andrade recebe quatro novos respiradores

Neste mês de dezembro foram entregues na emergência do Hospital Geral Clériston Andrade oito novos respiradores artificiais para serem usados na unidade semi-intensiva, quatros destes já se encontram funcionando desde o início do mês, o restante está sendo montados nesta quarta-feira, 30.
De acordo com os médicos da unidade os novos equipamentos, aliados aos já existentes, irão garantir a ventilação dos pacientes que chegam à emergência do HGCA com risco de morte, desta forma, garantindo um tempo de sobrevida muito maior.
"Antes muitos pacientes morriam ainda na emergência do hospital por falta de equipamentos tecnológicos que promovessem suporte à vida durante a conduta médica. Hoje, a emergência dispõe, além dos respiradores, monitores multiparamétricos, desfibriladores, aparelho de raio X móvel (exclusivo para emergência)", destacou a médica da unidade semi-intensiva do HGCA, Inalva Maria Sapucaia, afirmando ainda que muitas vidas estão sendo salvas com esses equipamentos.
Este ano o HGCA recebeu investimento de pouco mais de R$ 5 milhões, somente em equipamentos. Dentre eles, encontram-se o microscópio cirúrgico de alta tecnologia, dois aparelhos de aparelho de ultra-sonografia, arco cirúrgico (com intensificador de imagem), focos cirúrgicos, além da chegada recente de um novo tomógrafo computadorizado, custando cerca de R$ 800 mil, aguardando apenas a abertura do exercício para que sejam feitas adequações da área física para montagem do equipamento.
(Com informações de Ilma Silva, da Assessoria de Comunicação do Hospital Geral Clériston Andrade)

Artistas e produtores culturais pagam menos imposto em 2010

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou o projeto de lei que enquadra produções cinematográficas, artísticas e culturais no regime de tributação para Micro e Pequenas Empresas. Na prática, isso vai permitir que, a partir de 2010, trabalhadores do setor cultural passem a pagar uma alíquota mínima de 6%, em vez dos atuais 17,5%. A sanção foi publicada no "Diário Oficial da União", de terça-feira (29).
Ao todo, o Simples da Cultura - como ficou conhecida a Lei Complementar nº 133/2009 - une quatro impostos federais, um estadual e um municipal. O texto sancionado altera a Lei Complementar nº 123/2006 (que instituiu o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte) para que trabalhadores do setor cultural possam ser enquadradas na tabela do chamado Simples Nacional.
No dia 22 de dezembro, o ministro da Cultura Juca Ferreira intermediou um encontro entre o representante da Associação dos Produtores Teatrais do Rio de Janeiro, Eduardo Barata, com o presidente da República.
Na ocasião, Barata entregou uma carta ao presidente Lula reforçando a necessidade do reenquadramento dos produtores culturais no Super Simples e obteve como resposta a certeza de que a matéria seria sancionada ainda este ano.
Histórico
Na primeira reunião ministerial de 2009, a questão da tributação na área cultural foi apresentada pelo ministro Juca Ferreira que foi autorizado pelo presidente Lula a buscar uma solução. No mês de abril, foi enviada a Mensagem Presidencial ao Congresso Nacional encaminhando a proposta de alteração da Lei Complementar nº 123/2006.
(Com informações do Ministério da Cultura)

Festival de filmes

Vinte títulos de filmes escolhidos aleatoriamente que integram festival significativo para aludir a fatos ocorridos neste ano.
"Mentes Perigosas"
"Intrigas"
"Fora de Controle"
"Nem Tudo É Verdade"
"A Cor do Dinheiro"
"A Qualquer Preço"
"Conduta de Risco"
"Ligações Perigosas"
"Em Má Companhia"
"Estrada Para Perdição"
"Caminhos Perigosos"
"A Armação"
"A Conspiração"
"A Fraude"
"A Grande Ilusão"
"Do Destino Ninguém Foge"
"Fogueira das Vaidades"
"O Início do Fim"
"O Veredito"
"Nada É Para Sempre"

"Vadiagem ousada"

Deu em Claudio Humberto:
O morador de rua Raimundo Cledomar Pereira, 34, registrou BO na 6ª DP em Brasília contra dona-de-casa que tirou de sua porta, jogando na rua as tralhas dele. Alegou danos materiais e morais. Se a moda pega...

Mais de 450 postagens em um mês

O Blog Demais deve superar nesta quarta-feira, 30, a marca de 450 postagens em um mês, colocando dezembro em primeiro lugar, passando o número de setembro, que foi de 449 postagens.

Blog Demais é o blog da Feira hoje!

Na postagem Dimas Oliveira no "Jornal da Manhã" da Jovem Pan, comentário da sempre presente leitora Mariana Pereira, que disse: "Pôxa, você avisou muito em cima da hora... quando vim aqui, o programa já tinha acabado. Porque você não faz um resumo da entrevista prá gente que não pôde ouví-lo?".
Pois é, atendendo ao pedido, dizer que a entrevista a Renato Ribeiro durou cerca de 40 minutos e tratei sobre transição de meio tradicional (jornal) para Internet, comunicação em geral, jornalismo virtual, blogs e sites, conteúdos, convergência de mídias. Falei sobre número de postagens, limitação de horário de postagem, número de visitas, acesso de 58 países entre 28 de novembro e 29 de dezembro (segundo o Google Analytics), cuidado com a gramática e com o leiaute - a maioria de blogs e sites de Feira de Santana é mal formatada -, número de seguidores, ferramentas, também sobre não aderir ao Twitter (considero infantil).
Contei sobre fidelização de leitores, dando exemplos de Artur Renato Almeida (São Paulo), Mariana Pereira (Rio de Janeiro) e Thomas Pracuch (Fortaleza).
Enfim, afirmei que com meu viés já conhecido compartilho idéias não somente com minha casa e meus amigos, mas com o mundo. Ficou claro que o Blog Demais é o blog da Feira hoje!

"Lula da Silva: inércia e inação"

Deu no "Blog 25: Democratas":
Lula da Silva é uma liderança partidária cujo único objetivo é um projeto de poder. Ele é pragmático em relação a seus interesses mais claros e imediatos. Não há um processo de transformação. Lula da Silva, em sua passagem pelo poder, se acha desprovido de visão de longo prazo e de compromisso com a história.
A conclusão é do professor Carlos Melo, cientista político, doutor pela PUC-SP. Ele publica, na revista eletrônica da Fundação Liberdade e Cidadania, o artigo “O Governo Lula e o Sistema Político: inércia econômica, ativismo social e inação política - avaliando e buscando hipóteses”.
Entre as suas conclusões, destaca-se a seguinte: líder político, numa concepção clássica, é aquele que lidera um processo, aquele que conduz seus liderados numa direção clara e num rumo mais amplo e mais longo que os interesses pessoais e de grupo, Lula não é, nesta visão, um líder político.

Lembrando de duas postagens do Blog Demais em maio

Maioria é uma lástima
Dando uma navegada nos sites e blogs de Feira de Santana, uma constatação: a maioria aproveita mal os recursos e ferramentas disponíveis. Não têm nenhuma qualidade no leiaute e no apelo ao leitor. Para não falar do conteúdo, uma lástima.
Sobre lixo na rede
Boa parte do que tem sido publicado em sites e blogs é lixo, conseqüência de deficiências que muitos carregam na formação social, educacional e cultural. A leitura da Bíblia e de bons livros com certeza ajudaria a corrigir esses problemas.

Sérgio Carneiro mais presente e Fernando de Fabinho mais ausente

No "Política Livre", a nota "Conheça baianos mais presentes e ausentes da Câmara dos Deputados", que destaca o deputado federal feirense Sérgio Carneiro (PT) entre os 10 baianos mais presentes às sessões legislativas da Câmara, segundo levantamento realizado pela Casa.
Do total de 341 dias de sessões deliberativas realizadas pela Câmara dos Deputados nos anos de 2007, 2008 e 2009, Sérgio Carneiro participou de 334 sessões de votação.
Na outra ponta, entre os que mais faltaram, está o nome do feirense Fernando de Fabinho (DEM), com 116 faltas em dias de sessões deliberativas.

Parlamentares baianos respondem por propaganda eleitoral antecipada

As deputadas federais Alice Portugal (PC do B) e Lídice da Mata (PSB) e o deputado federal Javier Alfaya (PC do B) vão ter de responder por propaganda eleitoral antecipada. Eles veicularam peças publicitárias em Salvador.
A Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia protocolou representações no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) contra os três parlamentares, assim como seus partidos.
O procurador regional eleitoral Sidney Madruga pediu ao TRE que determinasse a retirada das publicidades em 48 horas. Caso as representações sejam aceitas, os parlamentares devem pagar multa de R$ 25 mil.
Sidney Madruga declarou que as mensagens fomentam a confiança do eleitor nos parlamentares e se configuram como propaganda eleitoral antecipada, mesmo não havendo menção direta à candidatura nas próximas eleições (de 2010).

Votos de Feliz Ano Novo

O Blog Demais agradece e retribui os votos de Feliz Ano Novo de: jornalista Adilson Simas, editor do "Blog Por Simas"; Aloma Galeano, do Portal do Sertão; bispo Gilberto Ruy Rocha, presidente da Associação de Ministros Evangélicos (AME) de Feira de Santana; jornalista e radialista Jair Cezarinho, presidente da Secccional Norte-Nordeste da Associação Bahiana de Imprensa (ABI); jornalista Zezé Esteves, assessora de imprensa do deputado federal Colbert Martins Filho e editora do blog "Esteves Por Aí".

Votos de Feliz Ano Novo do Clube de Fotografia Gerson Bullos


terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Dimas Oliveira no "Jornal da Manhã" da Jovem Pan

Nesta quarta-feira, 30, o jornalista Dimas Oliveira estará na edição local do programa "Jornal da Manhã", ancorado pelo jornalista e radialista Renato Ribeiro, na Jovem Pan FM. Vai falar sobre comunicação, mídia, jornalismo virtual, blogs e sites, conteúdos. Também sobre cinema e filmes.
Não é a primeira vez, pois em 18 de maio deste ano, o editor do Blog Demais foi entrevistado por Renato Ribeiro. Quem desejar contatar com o programa para fazer alguma pergunta ao entrevistado pode ligar pelo telefone 3223-1000 ou pelo e-mail jornaldamanhafeira@hotmail.com.
O programa vai das 6h30 às 8 horas.

"Por pouco Obama não vai pelos ares"

Deu no "Blog Reinaldo Azevedo":

Por pouco o presidente dos EUA, Barack Obama, não tem o seu destino selado pela Al Qaeda. Graças a Deus, o terrorista falhou, e o avião não explodiu. Obama é um dos presidentes mais impopulares dos EUA - se não for o mais, a ver - ao encerrar o primeiro ano de mandato. Um grande atentado em solo americano poria tudo a perder. E ele sabe disso.
George W. Bush cometeu muitos erros etc e tal. “Cadê as armas de destruição em massa do Iraque?”, gritam os fanáticos de um erro só (para os que consideram aquela guerra um erro; não é o meu caso.) Sim, quase todos adoravam detestar Bush, mas, como se nota, a necessidade da guerra contra o terror não era uma fantasia da extrema direita americana, como queria a turma do miolo mole.
E as medidas de segurança agora adotadas tornam o conjunto mais duro do que as regras vigentes no governo Bush. Mais um recuo de Obama? Serei bom: mais uma concessão que ele faz à realidade. Aquele que foi eleito era uma fantasia. Muitos dos que o elegeram estavam certos de que a Al Qaeda era só uma invenção da máquina de guerra do Pentágono. E os democratas souberam instrumentalizar muito bem essa bobagem e convertê-la em voto.
E, no entanto, a Al Qaeda existe e só não mandou um avião para os ares, em solo americano, porque, felizmente, o terrorista era um incompetente. Como incompetente se mostrou o sistema de segurança que permitiu que entrasse em território americano. Por pouco Obama não foi pelos ares. E, como se sabe agora, o risco continua.
Que coisa, né? Bush virou um presidente sem passado virtuoso. Só o futuro o contempla…

Deu em Claudio Humberto


Filmes exibidos em Feira de Santana - Maio de 2009




1. Gabriel Match em "The Spirit: O Filme"
2. Alexa Davalos e Daniel Craig em "Um Ato de Liberdade"
Fotos: Divulgação






"Dragon Ball Evolution" (Dragon Ball Evolution), de James Wong; "A Montanha Enfeitiçada" (Race To Witch Mountain), de Andy Fickman; "Um Ato de Liberdade" (Defiance), de Edward Zwick; "Uma Noite no Museu 2" (Night at the Museum: Battle of the Smithsonian), de Shawn Levy; "Star Trek" (Star Trek), de J. J. Abrams; "A Festa de Garfield" (Garfield's Fun Fest), de Mark A. Z. Dippé e Eondeok Han; "The Spirit: O Filme" (The Spirit), de Frank Miller; "Lição de Amor" (Scusa Ma Ti Chiamo Amore), de Federico Moccia; e "Anjos e Demônios" (Angels & Demons), de Ron Howard.
"Um Ato de Liberdade" e "The Spirit: O Filme" foram os melhores filmes vistos nesse mês.

Votos da Nestlé




Pergunta que não quer calar

Por que nenhuma publicação brasileira elege o presidente Lula como "Homem do Ano" e que tais?

Cobertura fotográfica do lançamento do CD do Vozes da Terra 2008






























1. Prefeito Tarcízio Pimenta presidiu a mesa do lançamento
2. Tarcízio: Resgate de um compromisso
3 e 4. José Ronaldo: Agradeço a paciência
5. José Ronaldo entrega CDs ao cantor e compositor Edir Carneiro
6. Artur Euclides Andrade entrega CDs ao cantor e compositor Vini Ramos
7. César Orrico faz entrega de CDs ao compositor Maurício Souza
Fotos: Sílvio Tito/Secom

Cinema em 2010 começa com filme de Lula

Glória Pires em "Lula, O Filho do Brasil"
Foto: Divulgação



Biografia do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, baseada no livro homônimo, autoria de Denise Paraná, ”Lula, O Filho do Brasil” reconstrói a trajetória da família de Lula, a partir da migração de Caetés, em Pernambuco, para São Paulo nos anos 50. O filme é a principal novidade do novo ano, no Orient Cineplace, a partir desta sexta-feira, 1º de janeiro.
A história aborda a difícil relação familiar dele (Rui Ricardo Dias) com o pai (Milhem Cortaz), a matriarca D. Lindu (Glória Pires), a carreira como líder sindical até chegar à consagração nas urnas, na eleição presidencial de 2002. Com direção de Fábio Barreto, o filme ainda conta no elenco com Juliana Baroni, Cléo Pires e Lucélia Santos.
Tem duração de 130 minutos e as sessões programadas são às 13 horas, 15h40, 18h20 e 21 horas (este horário com interlock de outra sala).
A pré-estréia de “Alvin e os Esquilos 2” continua, agora entre sexta-feira e quinta-feira, 7, no horário das 17 horas.
"Avatar", de James Cameron, entra em terceira semana, ainda com cópia dublada; “A Princesa e o Sapo”, em quarta semana; “Sempre ao Seu Lado” e “Xuxa e o Fantástico Mistério da Feiurinha”, ambos em segunda semana.
Neste mês de janeiro, as sessões diárias do Multiplex são a partir das 13 horas.

"Informativo Cidade Princesa" lançado



O "Informativo Cidade Princesa", edição de dezembro, começou a circular na segunda-feira, 28, durante o lançamento do CD do Festival de Música Vozes da Terra 2008, no Museu Parque do Saber.
A publicação, de 12 páginas, em cores, editada pela Secretaria de Comunicação Social, de "prestação de contas da Prefeitura de Feira de Santana mostra que 2009 - "Um ano e tanto!" - foi um ano de muitas realizações em praticamente todos os setores, com especial destaque para a era da modernidade com o Programa Cidade Digital e as tranformações urbanas que deixaram a Cidade Princesa com jeito de metrópole".
Contendo matérias com textos curtos e diretos, todas ilustradas, o informativo destaca as ações do Governo Municipal.
(Com fotos de ACM e informações da Secretaria de Comunicação Social)

Paulo Souto e os factóides do governo petista

Deu no "Política Livre":
O presidente do Democratas na Bahia, o ex-governador Paulo Souto contestou os números apresentados pela Secretaria do Planejamento a respeito de repasses de orçamento de 2009 e a sua comparação com os 2006. Souto afirma que, mais uma vez, o governo manipula dados para criticar o passado e encobrir as próprias ineficiências. “É inacreditável que, ao final do terceiro ano de administração, o governo atual continue com esses factóides, ao invés de se preocupar em trabalhar para resolver os graves problemas que afetam a população, sobretudo nos setores de educação, de saúde e da verdadeira tragédia diária que vivemos na segurança pública”, afirmou. “Se o governo quer falar em eficiência, vamos então para a aplicação de recursos, e vemos que, até novembro de 2009, o governo investiu apenas 50% dos recursos disponibilizados pela União. Cadê a gestão?”, perguntou Souto.

"Presidente Lula, respeite a imprensa!"

Deu no "Blog 25: Democratas":

Todos nós, brasileiros, devemos nos pôr em alerta. Ao criticar de forma recorrente os meios de informação, o presidente Lula da Silva está, na verdade, ameaçando a democracia e o Estado de Direito. Aliás, nesta segunda-feira, 28, ele voltou a fazer suas ressalvas indevidas à cobertura jornalística feita no país.
Segundo Lula da Silva, a avaliação dos fatos apresentada pela mídia é "sempre" negativa, embora existam mais coisas positivas do que negativas". Como se vê, Lula da Silva não perde a oportunidade de falar mal da imprensa. Não dá para fingir que não estamos ouvindo. Não dá para fingir que não estamos entendendo. Lula da Silva é uma ameaça à liberdade de imprensa. Todos nós, brasileiros, devemos nos pôr em alerta.

"Quer 'voz" na "Voz do Brasil"? Pague ao locutor"

Deu em Claudio Humberto:

É do inevitável programa oficial “A Voz do Brasil” o radialista pego com a mão na botija cobrando “assessoria de imprensa” de deputados interessados em se promover. Paulo César Viana Otaran cobrou de pelo menos dez parlamentares pela inserção na “Voz”, através de uma empresa de fachada. Os deputados usavam a verba indenizatória, carimbando a propina como “divulgação em rádios”.
Ruído cativo
Apesar da má vontade da maioria dos ouvintes, o blablablá do longevo programa obrigatório tem certa audiência cativa por inércia.

Deu no "Blog do Noblat"

A opção dos políticos

Deu nas "Miudinhas" do "Bahia Já":

Agora, os políticos adoram os sites e blogs, utilizam à vontade para dar suas notas e fazer comentários, acham um meio de comunicação legal (é o que dizem), mas, na hora da propaganda, optam por out-doors. Interessante né!
Pois é, em Feira de Santana a opção é pelas emissoras de rádio e televisão.

"Ventos de Teerã"

Editorial de "O Globo":

Na entrevista concedida ao GLOBO e publicada na sexta-feira 25, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, aproveitou para reafirmar a defesa brasileira de seu novo aliado preferencial, o Irã de Mahmoud Ahmadinejad.
Por uma dessas trapaças do destino - mas que não pode ser creditada ao azar -, logo no domingo o regime dos aiatolás protetores do radical presidente iraniano, reeleito numa eleição fraudada, começou a desfechar nova onda de repressão à oposição interna, a mais violenta desde as manifestações ocorridas depois de anunciada a vitória contestada de Mahmoud Ahmadinejad.
Como o Irã foi tomado por uma atmosfera política inflamável, qualquer fagulha ameaça deflagrar explosões incontroláveis. A nova leva de protestos começou dias antes, com a morte de um dos clérigos dissidentes, o aiatolá Hossein Ali Montazeri.
E, ao manter a repressão nas ruas em um importante feriado religioso, o regime jogou mais combustível neste incêndio. Ler a entrevista do chanceler brasileiro enquanto se acompanha o noticiário de Teerã é esclarecedor, para se ter medida dos riscos que a diplomacia brasileira corre ao abrir um guarda-chuva sobre uma ditadura teocrática metida numa aventura nuclear - tudo em nome de um antiamericanismo de ocasião, provavelmente para Brasília, em período eleitoral, afagar frações aliadas mais à esquerda.
A perigosa aventura de Ahmadinejad, sob a proteção do aiatolá Ali Khamenei, é defendida por Amorim com o malandramente falso e cândido argumento de que quem tem arsenais deste teor não pode criticar o Irã (EUA, Rússia etc.).
O argumento cabe no figurino ideológico bolivariano do caudilho Hugo Chávez.
Uma coisa são nações que saíram da Guerra Fria com estes arsenais, mas que participam dos fóruns que tratam do assunto, e negociam acordos de redução no número de ogivas; outra, um país subjugado por uma ditadura de fanáticos religiosos, à margem de qualquer respeito à diplomacia multilateral.
Caso a situação política interna no Irã rume para a ruptura institucional, desaguando num massacre interno, o Brasil irá à ONU defender aiatolás corruptos, sanguinários, fanáticos e sua guarda pretoriana?
A julgar pelo silêncio de Amorim, na entrevista ao GLOBO, quando perguntado sobre a leniência brasileira com relação a Cuba, é provável que isto ocorra, infelizmente.
Aliás, é o que o Itamaraty tem feito quando se abstém de condenar nas Nações Unidas governos marginais como o do Sudão, em busca de votos para conseguir um assento no Conselho de Segurança.
Essa clivagem ideológica acentuada da diplomacia apenas sabota o projeto do próprio governo de elevar o status do país como parceiro global confiável. Os terceiro-mundistas, bolivarianos e defensores de Ahmadinejad estacionaram um poderoso carro-bomba dentro deste projeto.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

CD do Vozes da Terra de 2008 lançado




1. Prefeito Tarcízio Pimenta entrega CDs ao cantor Paulinho Jequié
2. Capa do CD do Vozes da Terra 2008
3. Parte do público presente ao lançamento
Fotos: Sílvio Tito/Secom

O prefeito Tarcízio Pimenta fez a entrega de 50 exemplares do CD da oitava edição do Festival de Música Vozes da Terra, realizada em 2008, ao cantor e compositor Paulinho Jequié, (segundo lugar e Melhor Arranjo com "Recomeço") marcando o lançamento do trabalho, na noite desta segunda-feira, 28, no Foyer do Museu Parque do Saber.
O ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho - o festival foi realizado no último ano de sua gestão - fez a entrega da mesma quantidade de CDs ao cantor e compositor Edir Carneiro (terceiro lugar com "In-vocação").
No festival, a premiação de primeiro lugar e Melhor Intérprete Masculino ficou com Guymeo Jumonji, com "Vácuo"; enquanto que Kamila Ariany ganhou o prêmio de Melhor Intérprete Feminina - o compositor Mauricio Souza representou a cantora e recebeu a cota de CDs.
Também presentes e recebendo exempares do CD do qual fazem parte, os cantores Janno ("Renúncia"), Lima de Sá ("Tempo e Espaço"), Luiz Vendinni (Sobre o Tempo"), Régis Valle ("As Duas Faces do Tempo"), e Vini Ramos ("A Distância").
A oitava edição do Vozes da Terra foi realizada no último ano da gestão do ex-prefeito José Ronaldo. Ele explicou os motivos que impediram que o lançamento acontecesse antes e pediu desculpas aos participantes pelo atraso. “Vocês foram compreensivos demais. Eu agradeço pela paciência que tiveram”, frisou.
O secretário de Desenvolvimento Econômico, Euclides Artur Andrade, que no governo anterior era secretário de Cultura, Esporte e Lazer, relembrou as características da oitava edição do festival. “Foi um Vozes da Terra inusitado, com muita concentração e cenas hilárias que marcaram o evento”, comentou. Ele também observou os investimentos feitos pelo atual Governo Municipal na área cultural, através da dança, teatro e música.
O prefeito Tarcízio Pimenta ressaltou que com o lançamento do CD do Vozes da Terra 2008 se resgatava um compromisso. “Isso demonstra a responsabilidade de um bom gestor, que publicamente reconhece o atraso da entrega do CD aos artistas”, destacou. Ele acrescentou, ainda, que “em Feira de Santana existem grandes vozes, sendo o Festival de Música um avanço no reconhecimento desses artistas”.
Para Edir Carneiro, terceiro colocado, com “In-Vocação”, o Vozes da Terra é uma das melhores maneiras de fomentar a cultura na cidade. “Muitos festivais de música são desenvolvidos em todo o país, mas poucos com a mesma qualidade, com um produto final, gravado em estúdio. Isso faz a diferença”, comentou.
Apoio da Nestlé
Com apoio cultural da Nestlé, que possibilitou a impressão, o CD do Vozes da Terra tem tiragem de mil cópias com as quatro músicas premiadas e as demais classificadas para a fase final do festival. Além dos artistas (com 50 exemplares para cada), a veiculação também para emissoras de rádio locais.
Além do prefeito Tarcízio Pimenta e do ex-prefeito José Ronaldo, o evento, contou com as presenças do vice-prefeito Paulo Aquino, dos secretários de Cultura, Esporte e Lazer Alcione Cedraz, de Desenvolvimento Econômico Artur Euclides Andrade (que em 2008 era secretário de Cultura, Esporte e Lazer e realizou o evento), de Comunicação Social Edson Borges, da Educação José Raimundo de Azevêdo, de Administração João Marinho Gomes Júnior, da Fazenda Wagner Gonçalves, do Planejamento Carlos Brito, de Desenvolvimento Urbano José Pinheiro, de Transportes e Trânsito Flailton Frankles, presidentes da Fundação Cultural Egberto Costa César Orrico e da Fundação Hospitalar Jair de Jesus, vereadores Luiz Augusto de Jesus, Ailton Rios e Otávio Joel de Araújo, ex-vereadores Genésio Serafim, Humberto Cedraz (também ex-deputado estadual) e Jorge Oliveira, diretores do Departamento de Atividades Culturais Luluda Barreto e do Departamento de Promoções e Eventos Naron Vasconcelos, presidente da Academia Feirense de Letras e vice-presidente do Conselho Municipal de Cultura Eduardo Kruschewsky, radialistas Carlos Geilson, Dilson Barbosa, Giberval Lima, Itajay Pedra Branca, Luis Santos, Melck Moreno e Valdeir Uchoa, entre outros. O jornalista Dimas Oliveira foi o mestre da cerimônia.
(Com informações da Secretaria de Comunicação Social)

Vice-prefeito homenageado por ministros evangélicos

Escolhido entre personalidades que contribuíram para o fortalecimento da Associação dos Ministros Evangélicos do Estado da Bahia(AME Bahia), o vice-prefeito de Feira de Santana Paulo Aquino disse que se sentiu lisonjeado com a homenagem que lhe foi concedida pela entidade, representada pelos bispos Roque Hudson Mamona e Rui Rocha, respectivamente presidentes estadual e municipal da AME.
De acordo com Paulo Aquino a escolha do seu nome pela Associãção “deveu-se ao tratamento sempre cordato e respeitoso com que nós, membros do governo Tarcízio Pimenta, temos estabelecido com os vários segmentos da sociedade feirense”.
Ocorrida às vésperas do Natal, a solenidade também teve entre os seus homenageados o ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho, deputado federal Sérgio Brito, líder da bancada do governo na Câmara Municipal, vereador Justiniano Franca, e vereador José de Arimatéia.
(Com informações de Jorge Magalhães, da Assessoria de Comunicação do Gabinete do Vice-Prefeito)

Até peemedebista apóia Paulo Souto

A ex-prefeita de Ibicaraí, Monalisa Tavares (PMDB), está contrariando o partido e decidiu apoiar o ex-governador Paulo Souto ao Governo do Estado, nas eleições de 2010. O anúncio foi feito em evento com a presença de lideranças políticas e centenas de moradores da cidade, que lotaram o auditório do Hotel Tropical, no sábado, 26.
Paulo Souto ouviu atentamente a peemedebista justificar o apoio à sua pré-candidatura. “Eu governei esta cidade no período de 2004 a 2008. Foram dois anos com Paulo Souto como governador, e outros dois com o atual Jaques Wagner (PT)". Ela completou que "a explicação para o descaso era porque que eu não era amiga de Wagner. Sim, mas agora o prefeito de Ibicaraí é do PT e a cidade continua desamparada pelo governador atual”, falou Monalisa.

Resultado da 1ª Confecom

Organização da Conferência divulga propostas aprovadas para a comunicação
A Conferência Nacional de Comunicação, a 1ª Confecom, promovida na semana passada, em Brasília, teve como resultado mais de 600 propostas aprovadas - a maioria por consenso. A organização do evento divulgou nesta quarta-feira, 23 de dezembro, o conjunto das resoluções, que serão analisadas pelo Congresso Nacional. Delegados de todos os estados brasileiros debateram uma série de proposições relacionadas à produção de conteúdo, aos meios de distribuição e aos direitos e deveres do setor.
Com o tema central Comunicação: meios para a construção de direitos e de cidadania na era digital, a Conferência foi realizada no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, de 14 a 17 de dezembro, e contou com a participação de 1.684 delegados dos três segmentos envolvidos (40% de representação da sociedade civil, 40% das entidades empresariais e 20% do poder público). As propostas, resultantes das conferências municipais e estaduais, foram analisadas por 15 grupos de trabalho na etapa nacional.
Para Octavio Pieranti, representante do Ministério da Cultura na Comissão Organizadora Nacional, a Conferência “colocou vários setores para discutir um tema que era tabu, e agora não é mais”. Dentre os principais avanços, Pieranti destacou as resoluções que tratam da regulação econômica da comunicação, da descriminalização das rádios comunitárias, da produção e veiculação de conteúdo nacional, regional e independente; e do respeito aos direitos humanos fundamentais.
Debates na Cultura
No final de setembro, o Ministério da Cultura promoveu a 1ª Conferência Livre de Comunicação para Cultura, em Pernambuco. A plenária final aprovou uma série de propostas que foram debatidas na Confecom. O MinC também realizou, na sua sede em Brasília, um ciclo de palestras preparatório à etapa nacional, aberto ao público e transmitido ao vivo pela Internet.
Desde 2005, quando foi realizada a 1ª Conferência Nacional de Cultura (CNC), o Ministério da Cultura vem promovendo discussões sobre os temas que foram objeto de debate na Confecom. Já naquela ocasião, foram definidas algumas ações para a inclusão sociocultural (30 propostas prioritárias).
Dentre as proposições apresentadas pelo MinC estão a criação de Rádios e TVs Públicas e Comunitárias, a regulamentação das leis dos meios de comunicação de massa (rádio, televisão, cinema e telefonia móvel), assim como o envolvimento da sociedade civil nas discussões e a viabilização de equipamentos públicos para a difusão cultural (cineclubes, telecentros, pontos de cultura, bibliotecas etc).
Veja também: Câmara analisa propostas da 1ª Conferência de Comunicação.
(Com informações da Comunicação Social do Ministério da Cultura)

TSE disponibiliza relação de zonas eleitorais

Em cumprimento à Resolução nº 65/2008 (CNJ), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza sistema de consulta aos dados relacionados às Zonas Eleitorais.

Mesa redonda com parlamentares

"Rotativo News" realiza debate com deputados federais nesta terça-feira

Os principais assuntos da política nacional e baiana serão debatidos nesta terça-feira (29), das 15 às 17 horas, no programa "Rotativo News Debates", na Rádio Sociedade 970AM de Feira de Santana. Inicialmente, o debate aconteceria na terça-feira (22), mas precisou ser remarcado devido à solicitação dos entrevistados.
Os deputados federais Colbert Martins Filho (PMDB), Fernando de Fabinho (DEM), Jairo Carneiro (PP) e Sérgio Carneiro (PT) vão participar de uma mesa redonda com o radialista Joilton Freitas e analisar os assuntos que foram manchete no meio político em 2009.
Para Joilton Freitas, fazer uma retrospectiva dos principais assuntos deste ano com os quatro deputados feirenses que estão no Congresso Nacional "é importante para mostrar a população o que eles pensam sobre assuntos polêmicos como o escândalo do mensalão e do caso Agerba, e suas expectativas para o próximo ano".
“Nesta mesa redonda, além dos deputados realizarem um balanço de seus mandatos em 2009 e do que realmente trouxeram de benefícios para os baianos, em especial para o povo de Feira de Santana, eles serão questionados sobre os escândalos que ocorreram na política nacional e sobre as eleições de 2010. Uma oportunidade para os eleitores conhecerem mais seus candidatos”, disse o radialista.
(Com informações de Débora Fernandes)

As frases ditas em 2009 que você não merecia ouvir

Deu no blog "Nos Bastidores do Poder", de Josias de Souza:
1. "De vez em quando inventam uma briga entre Congresso e Executivo, Legislativo e Judiciário. Ninguém aqui é freira e santa num convento" - Lula, explicando a gênese da zona que permeia as relações na República.
2. "Agi como se a cota fosse minha propriedade soberana. Confesso que caí na ilusão patrimonialista brasileira" - Fernando Gabeira (PV-RJ), ao explicar por que sua filha voara com passagem custeada pela Viúva.
3. "Ministério público é o caralho! Não tenho medo de ninguém. Da imprensa, de deputados. Pode escrever o caralho aí" - Ciro Gomes (PSB-CE), ao negar, à sua maneira, que dera passagens da Câmara a parentes.
4. "Já restituí" - Eduardo Suplicy (PT-SP), depois da revelação de que viajara a Paris com a então namorada, Mônica Dallari, com passagens da cota de senador.
5. "Estou me lixando para a opinião pública. Até porque parte dela não acredita no que vocês escrevem. Vocês batem, mas a gente se reelege" - Sérgio Moraes (PTB-RS), ao informar que inocentaria Edmar Moreira, o deputado do castelo, no processo por quebra de decoro parlamentar. Com a palavra, o eleitor gaúcho.
6. "Ela é transmitida dos porquinhos para as pessoas só quando eles espirram. Portanto, a providência elementar é não ficar perto de porquinho nenhum" - José Serra, ministrando ‘ensinamentos’ de prevenção à gripe suína.
7. "Quantos são os políticos brasileiros que realizaram campanhas eleitorais sem que alguma soma, por menor que fosse, não tenha sido contabilizada?" - Delúbio Soares, em carta ao PT, desistindo do pedido de retornar à legenda.
8. "Eu não conheço ninguém, a não ser a oposição, que tenha discordado da eleição do Irã. Por enquanto, é apenas uma coisa entre flamenguistas e vascaínos" - Lula, reduzindo a uma metáfora futebolística as fraudes eleitorais que incendiaram as ruas do Irã.
9. "Fui eleito para presidir politicamente a casa, e não para limpar as lixeiras da cozinha da casa" - José Sarney, num instante em que o entulho vazava pelas bordas do tapete do Senado.
10. "O Sarney tem história no Brasil suficiente para que não seja tratado como se fosse uma pessoa comum" - Lula, saindo em socorro do aliado incomum.
11. "Em casa de enforcado não se fala em corda" – FHC, desviando-se do lixo, depois de sessão comemorativa dos 15 anos do Real, no Senado.
12. "Se eu sou um Renan da vida, eu tô no governo Collor, no governo Fernando Henrique, no governo Lula, tô no governo de quem quiser" - Pedro Simon, respondendo a Renan Calheiros, que interrompera seu discurso anti-Sarney.
13. "Como ex-presidente da República, estou do lado dele e do lado do presidente Sarney. Antes de citar o meu nome desta tribuna, Vossa Excelência engula, digira e faça dela o uso que julgar conveniente” - Fernando Collor, abespinhando-se com as referências de Simon.
14. "Eu quero fazer justiça ao comportamento do senador Collor e do senador Renan, que têm dado uma sustentação muito grande aos trabalhos do governo no Senado" – Lula, cultuando os neocompanheiros, em viagem a Alagoas.
15. "Todos eles são bons pizzaiolos" – Lula, referindo-se aos senadores, em resposta a repórter que perguntara se a CPI da Petrobras terminaria em pizza temperada no pré-sal. Líder de Lula, Romero Jucá comandou o forno.
16. "Ela me perguntou se eu podia agilizar a fiscalização do filho do Sarney. Fui embora e não dei retorno. Acho que eles não queriam problema com o Sarney" – Lina Vieira, a ex-leoa, ao discorrer sobre pedido que Dilma Rousseff lhe teria feito.
17. "Eu não fiz esse pedido. Olha, eu encontrei com a secretária da Receita várias vezes, com outras pessoas junto, em grandes reuniões. Essa reunião privada a que ela se refere, eu não tive com ela" – Dilma Rousseff, desmentindo a detratora.
18. "Ela sabe que eu estive lá e sabe que falou comigo. Não custava nada ela ter dito a verdade", Lina, em réplica.
19. "Eu não consigo ler muitas páginas por dia, dá sono. E vejo televisão, quanto mais bobagem, melhor" - Lula, numa entrevista à rádio Tupi, do Rio.
20. “Errei ao dizer que anunciaria uma renúncia irrevogável" – Aloizio Mercadante, em frase autoexplicável.
21. "Se Jesus Cristo viesse para cá, e Judas tivesse a votação num partido qualquer, Jesus teria de chamar Judas para fazer coalizão" – Lula, em declaração à Folha, também autoexplicável.
22. "Marina Silva é inteligente como o Obama, não é analfabeta como o Lula, que não sabe falar, é cafona falando, grosseiro. Ela fala bem" – Caetano Veloso.
23. “Nós, humanos, temos um problema imenso. Infelizmente, não controlamos chuva, vento, raio" - Dilma Rousseff, atribuindo o apagão a causas divinas.
24. "Chegamos à conclusão de que o problema ocorreu por descargas atmosféricas" – Edison Lobão, tentando se fazer passar por Chapeuzinho Vermelho na floresta escura.
25. "Até agora nós não temos nenhuma dessas pessoas julgada e condenada. Acho absolutamente normal que elas exerçam seus direitos políticos" – Dilma Rousseff, dando boas-vindas aos mensaleiros restituídos ao diretório do PT.
26. "A experiência do PT em 2006 e 2008 mostrou que a população sabe distinguircaixa dois de corrupção. Sabe que não teve mensalão, que ninguém enriqueceu" – José Dirceu, ao retornar ao diretório do PT.
27. "Para mim, pessoalmente, ele deu o que aparece naquele vídeo [...]. Virou piada, porque é [para compra de] panetone, mas no fundo é verdade mesmo. Eu entrego panetone nas creches, nos asilos, tudo isso” - José Roberto Arruda, a primeira piada a governar o DF em toda a história da Capital.
28. "As imagens não falam por si. O que fala por si é todo o processo de apuração, todo o processo de investigação [...]” – Lula, numa referência à gritante cinemateca que deu contorno visual ao ‘panetonegate’.
29. "O povo está na merda. E eu quero tirar o povo da merda em que ele está" – Lula, em cerimônia do "Minha Casa, Minha Vida", no Maranhão, informando que o povo continua no esgoto depois de sete anos sob sua presidência.

Herança maldita de Lula da Silva

Deu no "Blog 25: Democratas":

Uma das piores heranças que o governo Lula da Silva deixará para as gerações futuras é o aumento brutal dos gastos públicos. Em 2003, esses gastos eram de 79 bilhões. Em 2009 eles atingiram 155,6 bilhões, ou simplesmente 97% a mais. No Orçamento de 2010, subirão para 169,4 bilhões, uma evolução de 114,4% em 7 anos!
Se isso representasse aumento da eficácia do serviço público em benefício da população não haveria razões para queixas. Acontece que não é o caso. No governo Lula da Silva nada mudou em relação à qualidade dos serviços prestados pelo governo. O que aumentou foi o nepotismo, o empreguismo e o "companheirismo". Nunca uma burocracia foi tão numerosa, tão inútil, tão parasita, tão despreparada e tão aparelhada.
Não há limites neste governo para a criação de cargos destinados a acomodar sindicalistas incapazes e militantes petistas. Tanto que o presidente da República acaba de enviar ao Congresso dez projetos que criam mais 40 mil cargos públicos. Desde 2003, já foram criados mais de 212 mil cargos e funções.

Tática de ACM usada por Geddel

Deu no jornal "Folha de S. Paulo":
Principal candidato a herdeiro político do carlismo na Bahia, o ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), da Integração Nacional, intensifica as viagens pelo Estado, a distribuição de recursos a aliados e as aparições públicas para tentar ocupar o vácuo eleitoral deixado pelo senador Antonio Carlos Magalhães, morto em 2007. Pré-candidato ao Governo da Bahia, Geddel segue estratégia parecida à de ACM durante a hegemonia do carlismo no Estado, com distribuição de recursos a aliados e influência em meios de comunicação.
Das verbas do Ministério da Integração Nacional destinadas à Bahia, 68% do total foi repassado por convênios a prefeituras do PMDB. De acordo com Geddel, que comanda o ministério desde março de 2007, os critérios são técnicos. Sem dispor de um império midiático como ACM (com canais de TV, rádio e jornal impresso), Geddel criou um jornal partidário, virou comentarista semanal na Rádio Metrópole - do ex-prefeito carlista Mário Kertész - e exerce forte influência sobre blogs importantes no interior baiano.

Votos de Feliz Ano Novo

"Ele quer cinemas para seu filmeco"

De Klauber Cristofen Pire, em "Mídia Sem Máscara":
Na edição do dia 26 de dezembro, o Jornal Nacional lança ao ar uma matéria assim intitulada: "Pesquisa revela que Brasil vive um apagão cultural" . A reportagem declara que uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - um órgão ligado à Presidência da República - descobriu que "de cada 100 municípios, 98 não têm sala pública de cinema, nem centros culturais, e 83 não possuem salas de espetáculos ou teatros que pertençam ao município".
Preste atenção, caro leitor: a tomada não expõe que literalmente faltem cinemas na maioria das cidades; o que declara é que a maioria delas não possui tais facilidades "PÚBLICAS"! A certa altura da reportagem, Márcio Porchmann, presidente da instituição que produziu a informação, declara: "A presença do Estado é muito reduzida e precisaria avançar do ponto de vista do país se transformar em uma grande nação onde o conhecimento e a cultura se transformam no principal ativo na sociedade do conhecimento".
Da forma como foi apresentada a notícia, não é possível afirmar em quantas cidades não existam iniciativas privadas ligadas à cultura (ou será mais adequado usar o termo "entretenimento"?), tais como cinemas, teatros e centros de exposições. Creio mesmo que não sejam poucas, embora certamente representem percentuais um pouco mais favoráveis do que o indicado. Considere-se adicionalmente que, depois da Constituição de 1988, houve um verdadeiro trem da alegria de criação de municípios, de tal forma que hoje há alguns cuja população não ultrapassa a quantidade de moradores em um condomínio. Colocadas todas as cartas na mesa, a relação entre as pessoas que têm um acesso relativamente próximo a um cinema ou teatro em relação às que sofrem a privação destes serviços é bem menos disparatada do que parece.
Oportunamente, esta lacuna apontada nos proporciona a chance de refletirmos um pouco sobre os serviços públicos. Os seus defensores frequentemente afirmam que uma das razões principais para a necessidade de haver tal cobertura por parte do poder público é a de que tais serviços não seriam oferecidos onde a iniciativa privada não vislumbrasse a chance de ter lucro. No caso acima temos a confirmação deste argumento, que não é falso. O que é falso é o que não é dito, isto é, que estes serviços necessariamente devam ser prestados! Em outras palavras, deve haver alguma razão pela qual os empresários ligados a esta área terem decidido fazer poucos investimentos fora dos grandes centros: público pequeno, ou de limitado poder aquisitivo, ou simplesmente desinteressado.
Claro, da mesma forma, devemos colocar nesta conta as dificuldades postas pelo próprio estado: impostos; cotas para exibição de filmes que ninguém quer assistir; entradas francas ou reduzidas para estudantes, idosos e assim por diante. Estas dificuldades hoje parecem ser tantas que podem explicar o fato de que mesmo nas localidades onde há cinemas e teatros estes se vêem frequentemente com dificuldades de lotar seus recintos.
Opa, não nos esqueçamos também da pirataria: hoje as cópias dos lançamentos - títulos que são filmados de dentro das salas - são vendidas livremente nas esquinas, revelando uma flagrante negligência do Estado que deveria lembrar-se disto antes de se meter a empresário do setor.
Ademais, em cidades do interior, há formas de entretenimento e eventos culturais que em geral os habitantes das cidades grandes não têm acesso: banhos de rio ou de mar, cachoeiras, pescarias, cavalgadas, feiras agrícolas ou torneios de peões, piqueniques em fazendas ou churrascos com animadas partidas de futebol são alguns exemplos. Que forma de ação da social -democracia - o sistema de socialismo fundado na igualdade de oportunidades, segundo Hoppe, poderia suprir este problema? Construir uma cachoeira artificial na praça da Sé, no centro de São Paulo? Isto já foi feito no Japão... pela iniciativa privada, claro.
Não obstante, nem por isto a iniciativa privada se fez ausente para satisfazer as necessidades destas populações de uma forma economicamente mais viável: hoje as antenas parabólicas e as locadoras são muito comuns, o que pode nos autorizar a comentar sobre o anacronismo deste trabalho investigativo.
Mas, esperem um pouco... então esta pesquisa foi divulgada pelo Ipea, "um órgão ligado à Presidência da República"? "Aham", neste mato tem coelho! Isto não está parecendo um tanto assim... oportuno? Senão vejamos: desde quando é assim? Por que só agora aparece uma reportagem desta no JN? Será que é por causa do filme "Lula, o Filho do Brasil"? Será que Lula pretende agora criar cinemas "públicos" pelo Brasil afora para exibir seu filmeco? Ou será que notou um problema real somente depois que se viu atingido por ele? Já estou vendo um "plano de aceleração da cultura" para construir cinemas em municípios onde não há hospitais, escolas ou uma mera rua asfaltada...
Ora, ora: num cúmulo de literal ofensa à moralidade pública, depois de cometer o desvario de gastar milhões para produzir um filme em que se auto-santifica, agora pretende vir reclamar que não há salas públicas para exibir o seu filme chulo para o povão do interior? Que houve? O das capitais o vaiou muito?

PAC empacado

Deu no jornal "O Globo:

PAC: prazo acabando. Obras, não
Com obras espalhadas por vários municípios e cujos valores vão de poucos milhões até bilhões de reais, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) completa três anos em 2010 ainda longe de concluir metade do que se propôs.
De acordo com levantamento da ONG Contas Abertas, das 12.520 obras do programa em todo o país, apenas 1.229 estavam concluídas, o que representa 9,8% do total.
Esse montante inclui os programas de habitação e saneamento, que formam sua grande maioria.
Sem esses dois setores, os números melhoram, mas ainda ficam distantes das metas do PAC em 2010: o volume de obras concluídas sobe para 31% dos 1.340 empreendimentos contabilizados.
Do total, as obras que sequer saíram do papel - consideradas em contratação, em ação preparatória ou licitação - chegam a 62% do total. Apenas 29% estão em pleno andamento.
A compilação dos dados só foi possível em 16 de dezembro, quando a Casa Civil divulgou os cadernos estaduais do PAC, que detalham todas as obras do programa. Os números se referem ao balanço de agosto.
- O governo terá de trabalhar em um ano mais do que fez em dois anos e oito meses para entregar boa parte das obras ao final do mandato - diz o economista Gil Castelo Branco.

Comunicado Unimed

A Unimed Feira de Santana comunica a todos que está em recesso de fim de ano até o dia 3 de janeiro de 2010, para manutenção em seu sistema de rede.

Mesmo com a suspensão dos trabalhos os usuários poderão contar com os serviços essenciais e solicitar normalmente as autorizações de atendimento e internação especiais através do número 0800 721 2525.
O funcionamento na sede administrativa na Rua Barão do Rio Branco voltará a ser feito normalmente a partir de segunfa-feira, dia 4 de janeiro.
A Unimed Feira de Santana deseja a todos um Ano Novo cheio de realizações.

Um ano e tanto!

União, crescimento e amadurecimento marcaram 2009 em Feira de Santana
Como diz a máxima popular: “Um ano e tanto!”. Assim foi 2009, na administração municipal, na política e, consequentemente, no desenvolvimento de Feira de Santana. Foi um ano de união e de amadurecimento nas relações institucionais entre aqueles que, vitoriosos com o voto popular, honraram a missão que receberam da sociedade feirense, mostrando serviço em favor de melhorias na qualidade de vida do povo.
A união política suprapartidária resultou em R$ 16 milhões de emendas no orçamento da União para Feira de Santana, o que mostra a responsabilidade dos representantes dessa terra e do Governo Municipal em buscar e valorizar recursos para obras e serviços para 2010. Durante 2009, também, várias obras foram realizadas e outras iniciadas com verbas de emendas parlamentares devidamente aplicadas, a exemplo do asfaltamento da avenida Maria Quitéria e do acesso ao distrito de Matinha.
Também independente de partidos, o Governo Municipal e o Governo do Estado fomentaram, mutuamente, o relacionamento administrativo em prol de Feira, mas sem perder de vista a coerência do rumo assumido na política partidária, o processo democrático da crítica e, acima de tudo, o respeito.
Os palanques das campanhas foram desarmados quando o povo fez as escolhas e só voltarão a ser armados no momento adequado, oportuno, de garantir novamente ao eleitor o direito dele avaliar em quem realmente confiar o voto. Avaliar quem tem mantido a palavra, os posicionamentos das campanhas, a coerência política e ideológica, a fidelidade, e, sobretudo, quem verdadeiramente trabalha pela comunidade.
Feira de Santana passa por um momento de alto astral, em que nem mesmo os vencidos nas urnas vivem de lamentações, rancores e futricas características da política ultrapassada. Afinal, a grande maioria da sociedade já percebeu há muito tempo que o município é maior que tudo isso e exige posturas com grandeza de espírito.
Em 2009, fomos notícia nacional positivamente. O desenvolvimento econômico, o crescimento do PIB, a geração de empregos, o respeito dedicado à Educação e à Saúde, prometido em campanha, foram destaques em alguns dos principais órgãos da imprensa brasileira. Quanta gente nesta terra não ficou orgulhosa? Quando Feira de Santana esteve tão bem na mídia local e nacional? É claro que ainda temos muitos desafios a vencer, muitos problemas a resolver, mas esse reconhecimento à nossa Princesa do Sertão é o mais significativo estímulo para que haja cada vez mais união e amadurecimento em prol do crescimento.

Tarcízio Pimenta
Prefeito

domingo, 27 de dezembro de 2009

Então é Natal

Programa "Minha Casa, Minha Vida" só atinge 22,9% da meta


Deu no blog "Nos Bastidores do Poder", de Josias de Souza:
Lançado com pompa em 25 de março, o programa "Minha Casa, Minha Vida" chega ao final de 2009 em má circunstância. Lula prometera entregar, até o final de 2010, 1 milhão de casas a brasileiros de vencimentos miúdos (até 10 salários mínimos). O ministro Paulo Bernardo (Planejamento) antecipara: “Nossa previsão é encerrar o ano de 2009 em 400 mil unidades...” “...Ou seja, 40% da meta de 1 milhão de moradias estará contratada até o final de dezembro”. Levantamento feito pela Caixa Econômica Federal, que atua como agente financeiro do programa, revela que micou a previsão de Bernardo. Até 21 de dezembro, haviam sido contratadas, em todo o país, apenas 229,9 mil moradias –entre casas e apartamentos populares. Significa dizer que, por ora, atingiu-se apenas 22,9% da ambiciosa meta de erigir 1 milhão de casas sob Lula. Dito de outro modo: para que o Lula de março possa ser tomado ao pé da letra em dezembro de 2010, resta um ano para cumprir 77,1% da meta oficial. Seria preciso contratar mais 770 mil casas. Algo que, mantido o ritmo de 2009, não parece factível. A julgar pelos dados colecionados pela Caixa Econômica, o programa patinou por sete meses. Até outubro, apenas 89 mil casas haviam sido contratadas. Só a partir de novembro a coisa parece ter engrenado. Chegou a dezembro, porém, em ritmo ainda mais lento do que o previsto. Juntos, os contratos celebrados até aqui somam somam R$ 11,6 bilhões. Num levantamento por faixa de renda, as 229,9 moradias estão distribuídas assim: 1. 139,9 mil (60,3%) estão sendo financiadas para famílias com renda de até três salários mínimos. 2. 66,2 mil (28,7%) constam de financiamentos a famílias com renda entre três e seis salários mínimos. 3. As 23,8 mil moradias restantes (10,3%) foram financiadas a famílias com renda entre seis e dez salários mínimos. Depois do PAC, o "Minha Casa, Minha Vida" é a principal peça de propaganda da campanha de Dilma Rousseff, a presidenciável de Lula. Gestora do programa, a ministra deixa a Casa Civil no final de março. Dispõe, portanto, de mais três meses para levar o pé ao acelerador. O calendário parece conspirar contra o marketing.

Deu no "Blog do Noblat"

Estudo mostra que FHC investiu R$ 22 bilhões a mais que Lula

Do site "Congresso em Foco":

Um levantamento feito pela organização Contas Abertas, que acompanha os gastos públicos da União, mostra que o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) gastou mais com investimentos do que a administração de Lula (PT), ao menos nos sete primeiros anos de cada mandato, considerando-se os valores atualizados monetariamente. Uma das estratégias da campanha eleitoral do PT para a presidência em 2010 será comparar as gestões de tucanos e petistas.
Nos sete primeiros anos da era FHC, foram gastos R$ 149,9 bilhões em investimentos. Na gestão Lula, foram R$ 127,1 bilhões. A diferença é de R$ 22,8 bilhões a favor do tucano. Os dados foram atualizados monetariamente pelo IGP-DI, da Fundação Getúlio Vargas.

sábado, 26 de dezembro de 2009

Feira de Santana é atrativa para investimentos

Tarcízio Pimenta frente Walter Vieira e Renato Dantas
Foto: Cau Preto/Secom

Feira de Santana é o sexto município brasileiro de maior capacidade de retorno em investimentos comerciais e empresariais. A classificação é baseada em dados de pesquisa realizada por uma multinacional e que foi decisiva para instalação de seis empreendimentos na cidade.
Os dados foram citados pelo prefeito Tarcízio Pimenta, no início da tarde deste sábado, 26, durante entrevista ao programa "Ronda dos Municípios", ancorado pelo radialista Valter Vieira. e com a participação de Renato Dantas, da Rádio Lapa FM, de Amélia Rodrigues. Na oportunidade, também fez um balanço dos investimentos realizados em 2009 e das perspectivas de obras e serviços a serem desenvolvidos em 2010.
Tarcízio Pimenta observou que Feira de Santana vem conquistando importantes destaques em indicadores a nível nacional, a exemplo da 28ª colocação no ranking nacional de geração de empregos, segundo o Ministério do Trabalho e Emprego. Observou que o Governo Municipal vem cumprindo seu papel proporcionando desenvolvimento a Feira de Santana e atraindo novos investimentos.
Durante a entrevista destacou a inauguração da reforma da Policlínica do Parque Ipê e a inauguração do Parque da Lagoa, na próxima quarta-feira, 30. E a inauguração do Viaduto Georgina Erismann, em fase de conclusão, durante o mês de janeiro de 2010, além da implantação do Saúde Digital em unidades de saúde e do Feira Cidade Digital, pavimentação asfáltica de várias avenidas e ruas e muitos outros serviços.
Para o próximo ano, anunciou obras de pavimentação em diversos bairros, construção de policlínica no bairro Parque Getúlio Vargas, pavimentação de estradas de acesso a diversas sedes de distritos, construção de novas praças, modernização da frota de ônibus, realização de concurso público, incentivos ao esporte amador e muitos outros investimentos.
(Com informações da Secretaria de Comunicação Social)