Clique na imagem

*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

União estável entre gays rejeitada

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira, 26, uma nova versão do projeto de lei que regulamenta a união estável. O texto exclui do reconhecimento jurídico os "casais homossexuais".
A proposta deve passar por duas outras comissões antes de ser votada em plenário e seguir para o Senado.
A alteração foi feita pelo deputado federal cearense José Linhares (PP). Ele considera que "a entidade familiar é necessariamente composta por um homem e uma mulher". Padre, José Linhares avalia que a polêmica vai continuar, poir pretende que as relações homoafetivas fiquem fora da lei. "Não há rejeição da realidade, mas a fixação de regras", diz

Nenhum comentário: