*

*

*

*

quinta-feira, 31 de julho de 2008

Terceiro "A Múmia" em lançamento mundial







Período de 1º a 7 de agosto
LANÇAMENTO MUNDIAL
A MÚMIA - TUMBA DO IMPERADOR DRAGÃO
(The Mummy: Tomb of the Dragon Emperor), de Rob Cohen, 2008. Com Brendan Fraser, Jet Li, Maria Bello e Michelle Yeoh. Aventura. O explorador Rick O'Connell enfrenta outra aventura. Dessa vez ele está em viagem à China acompanhado do filho, quando despertam a múmia do imperador Han, que fora amaldiçoado por uma bruxa há milhares de anos. Classificação indicativa: 10 anos. Duração: 114 minutos. Horários: 14h10, 16h30, 18h50 e 21h10. Sala 4 (264 lugares).
LANÇAMENTO
ENSINANDO A VIVER
(The Martian Child), de Menno Meyjes, 2007. Com John Cusack, Amanda Peet e Joan Cusack. Drama. Escritor de ficção científica que enviuvou recentemente decide adotar uma criança que acredita ser um marciano em missão de exploração na Terra. Classificação indicativa: Livre. Duração: 110 minutos. Horário: 20h40. Sala 3 (167 lugares).
CONTINUAÇÕES
BATMAN - O CAVALEIRO DAS TREVAS (The Dark Knight), de Christopher Nolan, 2008. Com Christian Bale, Morgan Freeman, Heath Ledger, Michael Caine e Maggie Gyllenhall. Aventura. Após dois anos desde o surgimento de Batman, os criminosos de Gothan City têm o que temer. Com a ajuda do tenente James Gordon e do promotor público Harvey Dent, Batman luta contra o crime organizado comandado pelo Coringa. Cópia dublada. Em terceira semana. Classificação indicativa: 12 anos. Duração: 152 minutos. Horários: 15, 18 e 21 horas. Sala 1 (243 lugares).
SPACE CHIMPS - MICOS NO ESPAÇO (Space Chimps), de Kirk De Micco, 2008. Animação. Três chimpanzés são enviados pela Nasa em missão espacial. Obrigados a conviver juntos, os três precisam lidar com suas diferenças para que a missão seja bem sucedida. Em segunda semana. Cópia dublada. Classificação indicativa: Livre. Duração: 82 minutos. Horários: 13h50 (somente neste sábado e no domingo), 15h40 e 17h30. Sala 2 (160 lugares).
VIAGEM AO CENTRO DA TERRA (Journey To the Center of the Earth), de Eric Breving, 2008. Com Brendan Frazer, Josh Hutcherson e Anita Briem. Aventura. Durante uma viagem à Islândia, cientista tenta encontrar seu irmão desaparecido. Em sua companhia, um sobrinho e uma guia. No meio da jornada, eles descobrem um fantástico e perigoso mundo perdido. Cópia dublada. Em quarta semana. Classificação indicativa: Livre. Duração: 94 minutos. Horários: 19h20 e 21h20. Sala 2.
KUNG FU PANDA (Kung Fu Panda), de Mark Osborne e John Stevenson, 2008. Animação. Po é um urso bem desajeitado. Um dia ele é escolhido para cumprir uma antiga profecia, o que faz com que treine ao lado de seus ídolos no kung fu, liderados pelo mestre Shifu. Quando o traiçoeiro leopardo da neve retorna, cabe a Po defender o Vale da Paz. Em quarta semana. Cópia dublada. Classificação indicativa: Livre. Duração: 92 minutos. Horários: 14h40, 16h40 e 18h40. Sala 3.

ENDEREÇO E TELEFONES
Orient Cineplace - Shopping Iguatemi, telefax 3225-3056 e telefone 3610-1515 para saber informações sobre programas e horários.

TSE abre campanha de esclarecimento

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Carlos Ayres Britto, acaba de se pronunciar em rede nacional de rádio e TV, na noite desta quinta-feira, 31. Ele abriu a campanha de esclarecimento da Justiça Eleitoral para as eleições municipais em 5.563 cidades brasileiras, a serem realizadas no dia 5 de outubro deste ano. O pronunciamento do presidente do TSE à Nação foi às 20 horas para as emissoras de rádio e 20h30 na televisão, com duração de dois minutos e meio.

Andando e cantando

Deu no Ex-Blog do Cesar Maia, a nota "Recorde mundial!":
Segundo os funcionários do gabinete do Ministério da Cultura, o ministro (Gilberto Gil) compareceu ao trabalho 3,8% dos dias em que todos trabalhavam. O resto... cantando pelo mundo afora.

Iniciada montagem da armação das lajes dos viadutos na Cidade Nova

O Projeto de Integração Urbana continua avançando com a construção dos viadutos que vão inserir definitivamente Feira de Santana no cast das cidades com malha viária moderna. O principal deles é o conjunto de viadutos que está sendo construído na rotatória da Cidade Nova, onde as obras seguem em ritmo avançado já atingindo formas bastante definidas.
Após a montagem da totalidade das vigas dos viadutos 1 e 2, no canteiro de obras, foram montadas as placas de pré-laje e iniciada a montagem da armação das lajes. Também está sendo concretado o segundo vão de laje do viaduto 1 e trecho de defesa.
Neste local, as obras ainda prosseguem com a concretagem do último pilar do viaduto 3 e travessas. Entretanto, devido as chuvas torrenciais que têm caído no município nos últimos dias, não foi possível aos operários a execução de nenhuma camada das contenções em Terra Armada.
As obras estão sendo executadas pelo Governo Princesa do Sertão, através co Consórcio Projel-Prisma, vencedor de licitação pública promovida pela Prefeitura de Feira de Santana. A previsão é de que ainda este ano o conjunto composto por três viadutos em níveis diferentes na rotatória da Cidade Nova seja concluído.
O Governo Municipal também está construindo outros três viadutos em pontos estratégicos para o tráfego de veículos na cidade. Estão situados na interseção da avenida Getúlio Vargas com a avenida Nóide Cerqueira, na interseção da avenida Maria Quitéria com a avenida Francisco Fraga Maia e na interseção da avenida João Durval Carneiro com a avenida Ayrton Senna, que será o último a ser executado.
Já o viaduto situado na interseção da avenida Getúlio Vargas com a avenida João Durval Carneiro, batizado com o nome de J. J. Lopes de Brito, foi concluído e liberado para uso. Os demais também devem entrar em operação ainda este ano.
(Com informações de Ronaldo Belo, da Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura de Feira de Santana)

Caminhada de Tarcízio no Parque Getúlio Vargas












































Imagens da caminhada do prefeiturável Tarcízio Pimenta (DEM) e do prefeito José Ronaldo de Carvalho, realizada na noite de quarta-feira, 30, no Parque Getúlio Vargas.
Fotos de Antonio Carlos

Secretário da Cultura faz prestidigitação com Teatro e Centro de Convenções



Maquete do projeto original do Teatro e Centro de Convenções
Arquivo

Neste momento político, a passagem do secretário de Cultura Márcio Meirelles por Feira de Santana, na sexta-feira, 25, nublou ainda mais a situação do Teatro e Centro de Convenções (ou Centro Múltiplos de Eventos, assim, sem concordância, em placa colocada, como quer o governo petista) para os artistas e a população de Feira de Santana. Quem não conhece o projeto de arquitetura e urbanismo elaborado pela Eduardo Carlomagno Arquitetos Associados está confuso e dando opiniões desencontradas. A partir do próprio secretário, que está praticando prestidigitação, tentando iludir a comunidade, dando conotações políticas em projeto técnico. Assim, passados um ano e sete meses, só lero-lero e embromação do governo petista
Como se tem conhecimento, o projeto do Teatro e Centro de Convenções foi contratado pela Prefeitura de Feira de Santana, em 2004, e obedeceu rigorosamente, como em todos os projetos de arquitetura elaborados por qualquer profissional de arquitetura, em qualquer parte do mundo, as etapas normais de um projeto arquitetural, que é elaboração do Programa de Necessidades (número de lugares, salas de dança, música, cenários etc.), Estudo Preliminar (só se passa para fase seguinte após aprovação por parte do cliente), Projeto Definitivo, Detalhamento e Especificação de Materiais. Todas essas etapas foram aprovadas, inclusive por órgãos do Estado, a exemplo da então Secretaria da Cultura e Turismo.
Segundo o arquiteto Eduardo Carlomagno, o palco que foi projetado é considerado como completo, com 610 metros quadrados, sendo que poucos palcos no mundo moderno possuem estas dimensões. Quanto ao sub palco, fosso, elevadores de cenários, salas de dança, música também foram projetados, consta no projeto original, que foi, como afirma o arquiteto, “brutalmente, alterado pela Conder avalizado pela Sucab para minimizar custos, sem autorização deste escritório”. Quanto ao foyer com 300 metros quadrados de área mais as laterais que não estão computadas é o suficiente para receber o publico projetado.
A informação de que nas salas de dança haviam colunas projetadas pela empresa PCL contratada para a elaboração dos projetos complementares, causou estranheza ao arquiteto Eduardo Carlomagno. Através de documentos é mostrado que foi solicitado, “exaustivamente, da Sucab o projeto estrutural e os demais para que pudéssemos fazer a compatibilização dos mesmos com o arquitetônico”. O arquiteto lamenta que “não recebemos até hoje”.
Segundo Márcio Meirelles o Estado dispõe de R$ 5 milhões “para concluir a obra”. Com esse recurso, segundo levantamentos técnicos, não dá nem para transformar o Teatro em auditório.
O arquiteto está indignado com as alterações que estão projetadas para a obra. “No que projetamos e no que está sendo executado, as diferenças são muito grandes. São muitos erros na obra, por falta de fiscalização”, declarou.
O escritório Eduardo Carlomagno Arquitetos Associados tem muitos prêmios em arquitetura, inclusive participação no concurso da Nova Ópera de Paris, na Bastilha, em 1983, no qual ficamos com honrado oitavo lugar, dentre 1.750 arquitetos do mundo inteiro. Possui uma equipe com 80 profissionais que se distribuem nos três escritórios em Porto Alegre, Salvador e Aracaju, com 33 anos no Brasil e no exterior.

Restauração da Boate Jerimum é factóide

A vinda do secretário da Cultura Márcio Meirelles em Feira de Santana, na sexta-feira, 25, motivou uma série de reportagens sobre o Teatro e Centro de Convenções e o Complexo Carro de Boi. Os repórteres foram induzidos a divulgar factóides.
Ele garantiu que serão iniciadas obras de restauração da Boate Jerimum, com recursos de emenda parlamentar. Só que esses recursos não foram liberados e neste período eleitoral o Governo Federal não pode soltar dinheiro nenhum.

Cuidado com as promessas

Programa de Aceleração do Crescimento está empacado em Feira de Santana
Ainda na Rocinha, na noite de quarta-feira, 30, o prefeiturável Sérgio Carneiro (PT) afirmou que "recentemente, o Governo do Estado, através de investimentos do Governo Federal com o PAC, trouxe para o município R$ 198 milhões que irá sanear 100% da cidade dentro do Anel de Contorno e, aproximadamente, 85% fora dele".
Se se fizer um levantamento, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) está empacado em Feira de Santana e nenhuma obra foi iniciada no município. Mais: os projetos existentes não contemplam saneamento de 100% dentro do Anel de Contorno.
O candidato Sérgio Carneiro precisa ter cuidado com suas palavras.

Sérgio afirma que "apenas 20% da cidade possui esgotamento sanitário"

Em caminhada na Rocinha, na noite de quarta-feira, 30, o prefeiturável Sérgio Carneiro (PT), segundo boletim de sua Coordenação de Comunicação e Imprensa informa que "hoje, apenas 20% da cidade de Feira de Santana possui esgotamento sanitário".
O Blog Demais está levantando dados sobre a questão, mas sabe que é significativamente maior que o número revelado pelo candidato petista.

"Rotativo News" ano dois

O programa "Rotativo News", ancorado por Joilton Freitas na Rádio Sociedade de Feira de Santana, de segunda-feira a sexta, das 15 às 16 horas, está completando dois anos no ar nesta quinta-feira, 31. O Blog Demais deseja vida longa ao dinâmico informativo. Joilton faz radiojornalismo com qualidade.

Sérgio Carneiro faz visita e caminhada

Na noite de quarta-feira, 30, o candidato à Prefeitura de Feira de Santana Sérgio Carneiro (PT) esteve no bairro Morada das Árvores (foto, divulgação), acompanhando do seu vice Messias Gonzaga (PC do B) e do candidato a vereador Carlinhos de Missuca (PC do B).
Na mesma noite, moradores do bairro da Rocinha receberam o candidato pelo PT, seu vice, correligionários e militantes. A caminhada da coligação "Feira Mais Forte" iniciou na rua Visconde de Mauá e percorreu os principais acessos do bairro.
(Com informações da Coordenação de Comunicação e Imprensa)

Repertório de Villa-Lobos pela Orquestra do Estado de Mato Grosso

"Bachianas Brasileiras nº 9" com "Prelúdio" (Vagaroso e místico) e "Fuga" (Poco apressado); "Bachianas Brasileiras nº 4", adaptação de Leandro Carvalho, com Prelúdio (introdução), Coral (Canto do Sertão), Ária (Cantiga), Dança (Miudinho); "Ciranda das Sete Notas", com Alexandre dos Santos, fagote; "Cirandas", adaptação de Leandro Carvalho, com "Nesta Rua" (Ciranda nº 11), "Pobre Cega" (Ciranda nº 05), "A Condessa" (Ciranda nº 02), "O Cravo Brigou Com a Rosa" (Ciranda nº 04); "Choro nº 5" com "Alma Brasileira", adaptação de Sérgio Barbosa; "Danças Características Africanas", Danças dos Índios Mestiços do Brasil, adaptação de Leandro Carvalho, com "Farrapos", "Kankukus", "Kankikis"; e "Bachianas Brasileiras nº 4 e nº 9". Este o repertório de Heitor Villa-Lobos (1887-1959), que será executado na noite desta quinta-feira, 31, pela Orquestra do Estado do Mato Grosso (foto), dentro do projeto Sonora Brasil de Formação de Ouvintes Musicais, do Serviço Social do Comércio (Sesc), que neste ano faz homenagem ao grande compositor brasileiro.
Em 2007 foi registrado silenciosamente o 120º ano de seu nascimento, enquanto em 2009 irá registrar o cinqüentenário de sua morte. O ano de 2008 representa então um marco intermediário mais do que propício para o desenvolvimento de iniciativas que sistematize processos de difusão da produção musical do compositor.
A Orquestra é formada por 20 músicos de várias partes do mundo e de diversos estados brasileiros. A orquestra valoriza a cultura mato-grossense em diálogo com a música universal, solidificando um grupo singular, com repertório e timbres únicos. É uma iniciativa do Governo do Estado de Mato Grosso, através da Secretaria de Cultura, e tem como patrocinadores as empresas Votorantim, Bimetal e Nortox, através da Lei de Incentivo à Cultura/Ministério da Cultura, e como apoiadores as empresas Localiza, Fisk Inglês e Espanhol, Amazon Hotel, Editora Tanta Tinta, Soul Propaganda e Sistema Fecomércio-Sesc-Senai de Mato Grosso.
A apresentação será às 20 horas, no Teatro do Centro de Cultura Amélio Amorim. Ingressos: inteira R$ 6,00 e meia R$3,00 (extensiva a comerciários com carteira do Sesc), estudantes (com carteira), classe artística e servidores do Sistema Fecomércio - Bahia (crachá funcional).
A Orquestra do Estado de Mato Grosso foi criada em 2005 e tem crescimento sólido e vigoroso, ano após ano. O projeto Sonora Brasil, do Sesc, desde abril que promove turnê em 78 cidades de 22 estados, principalmente as capitais brasileiras.
A orquestra apresenta um repertório com composições de Heitor Villa-Lobos, em adaptações do maestro Leandro Carvalho. A orquestra já esteve no Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Espirito Santo, Mato Grosso, Tocantins, Rondônia, Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, com apresentação nesta sexta-feira, 25, vindo para a Bahia, onde termina as apresentações. Antes de Feira de Santana, esteve em Paulo Afonso, Jequié, Vitória da Conquista e Santo Antônio de Jesus. Nesta sexta-feira, 1º de agosto, em Salvador.

Agenda de Sérgio Carneiro

Nesta quinta-feira, 31, o prefeiturável Sérgio Carneiro (PT) cumpre a seguinte agenda:
- Reunião com coordenação de campanha para discutir inauguração do comitê oficial, às 10 horas;
- Caminhada em bairro.
(Com informações da Coordenação de Comunicação e Imprensa)

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Apatia do governo petista

Deu no "Política Livre", a nota "Líder da Oposição diz que números mostram 'apatia' do governo":
Analisando os números do PPA (Plano Plurianual de Atividades), orçado em R$2.842.097.000,00, o líder do governo na Assembléia, deputado Gildásio Penedo Filho (DEM) constatou que, em mais de um ano e meio de governo, até o momento só foram aplicados R$ 800.378.000,00.
Em muitos programas, como o de Esgotamento Sanitário, Drenagem e Manejo de Águas, dos R$ 110.360.000,00 previstos, até o momento foram aplicados apenas R$ 5.257.000,00, ou 4,77% do total. Nos programas da CAR, de Combate à Pobreza Rural (Produzir), dos R$ 44.743.000,00, apenas R$2.591.000,00, ou 5,79% foram liqüidados, afirma o oposicionista.
No projeto de Desenvolvimento de Comunidades Rurais (Terra de Valor), dos R$ 25.422.000,00, foram aplicados apenas R$2.878.000,00, ou 11,32% do total, afirmou o parlamentar, que usou como base dados fornecidos pelo site Transparência Bahia, do Governo do Estado, até o último mês de junho.
De acordo com Penedo Filho, não adianta “o reforço de marketing com propagandas em TV e rádio e as cobranças da secretária chefe da Casa Civil, Eva Chiavon”, se o governo Wagner continua ‘apático’. “As pesquisas revelam que a população percebe a apatia do governo, como a Vox Populi, onde o governo tem uma avaliação positiva de apenas 22% dos baianos”, conclui.

Mais uma trapalhada do governo petista

Deu no "Política Livre", a nota "Governo erra pagamento de lote e professores estaduais ficam sem receber":
Milhares de professores da rede estadual de ensino tiveram uma triste surpresa na manhã de hoje: seus salários não foram depositados pelo governo. Pela tabela fornecida pelo Executivo no início do ano, os funcionários que integrassem o primeiro lote da folha seriam pagos no dia 30 de julho.
Informações iniciais dadas pela Secretaria de Administração do Estado dão conta de que ocorreu uma inversão nos depósitos. O segundo lote, programado para amanhã, dia 31, é que teria sido depositado antes do previsto. O erro teria sido do Banco do Brasil e não da administração.
Para Maria das Graças, professora do bairro da Liberdade, nada justifica “as trapalhadas” do governo. “Deixaram os trabalhadores a ver navios. São uns trapalhões. Pagarei tudo com multa”, afirma. Os diretores da APLB-Sindicato já receberam centenas de ligações dos associados.

Inovação de Colbert

Agenda é o registro com data dia a dia dos compromissos a serem feitos. Mas, o prefeituravél Colbert Martins Filho (PMDB) está inovando. Sua assessoria envia agenda com os compromissos já cumpridos a cada dia, como a recebida nesta quarta-feira, às 18 horas.

Oposições desunidas

A anunciada divulgação no programa "Rotativo News", de Joilton Freitas, na Rádio Sociedade, de uma pesquisa do Instituto Economic, está deixando as oposições de Feira de Santana em polvorosa. Messias Gonzaga (PC do B), que é candidato a vice de Sérgio Carneiro (PT) atacou a credibilidade de Amarildo Gomes (PV), que é coligado do prefeiturável Colbert Martins Filho (PMDB). Amarildo está processando Messias.
É histórica a falta de união dessa turma e a análise que se faz da situação é que existe uma briga para ver quem fica em segundo lugar na disputa eleitoral de 5 de outubro. Se houvesse possibilidade de segundo turno não estariam expondo seus conflitos internos.

Trilogia de "A Múmia" é completada





1. Brendan Fraser em "A Múmia: Tumba do Imperador Dragão"

2. John Cusack e Bobby Coleman em "Ensinando a Viver"

Fotos: Divulgação

Filme que completa uma trilogia “A Múmia: Tumba do Imperador Dragão” é a principal novidade desta semana, no Orient Cineplace, em mais um lançamento mundial. Outra novidade é o drama “Ensinando a Viver”. “Kung Fu Panda” e “Viagem ao Centro da Terra”, em quarta semana, “Batman - O Cavaleiro das Trevas”, em terceira semana, e “Space Chimps - Micos no Espaço”, em segunda semana, são as continuações.
Precedido por “A Múmia”, de 1999, e “O Retorno da Múmia”, de 2001, o terceiro filme traz o explorador Rick O'Connell enfrentando mais uma grande aventura. Desta vez ele está em viagem à China acompanhado do filho, quando despertam a múmia do imperador Han, que fora amaldiçoado pela bruxa Zijuan há milhares de anos e agora ameaça o mundo. É um filme de ação ininterrupta. Ainda bem que a cópia anunciada não é dublada e sim legendada.
No drama “Ensinando a Viver”, um escritor de ficção científica que ficou viúvo recentemente decide adotar um menino órfão que acredita ser um marciano em missão de exploração na Terra. Mesmo alertado dos perigos da adoção, ele passa a contar com ajuda de uma amiga, já que está completamente perdido com a situação.

Nada se cria, tudo se copia


Deu em Claudio Humberto, a nota "Papel-carbono":
O governo baiano de Jaques Wagner (PT) deve royalties do governo FHC: lançou uma campanha cujo mote, “Acelera Bahia”, é papel-carbono do “Avança Brasil” da era tucana. Virou piada até entre petistas.

Constrangimento entre petistas

No jantar na residência do governador da Bahia, Jaques Wagner, na segunda-feira, 28, o presidente Lula pediu aos presentes para divulgar fatos positivos do seu governo. Tanbém pediu que “por favor tratem bem a minha candidata a presidente", referindo-se à ministra Dilma Rousseff. Wagner, que quer ser o escolhido do PT, ficou constrangido.

Quem procura, acha

No programa "Rotativo News", edição de terça-feira, 29, o apresentador Joilton Freitas soltou literalmente os cachorros contra uma certa figura que apareceu em Feira de Santana e que está posando de jornalista. "Mentiroso" foi o adjetivo mais usado.

"O que é que a pimenta tem?"

"O que é que a pimenta tem?" é a matéria de capa do caderno "Rural" do jornal "A Tarde", edição de segunda-feira, 28, que trata sobre o cultivo da hortaliça. Assim, não tem nada a ver com o prefeiturável Tarcízio Pimenta (DEM). Mas, os adversários estão ardidos com o que consideram favorecimento político.

Em quem acreditar?

Segundo sua assessoria de imprensa, o prefeiturável Colbert Martins Filho (PMDB) "esteve com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na inauguração da primeira usina de biodiesel da Petrobrás, em Candeias".
Segundo nota no "Bahia Notícias", a "Lei Eleitoral anda metendo medo nos candidatos a prefeito. Moema Gramacho (PT), prefeita e candidata à reeleição em Lauro de Freitas, e Colbert Martins (PMDB), candidato em Feira de Santana, estiveram bem perto de Lula, mas não ousaram subir no palanque. Primeiro porque não foram convidados. Segundo por medo de ficarem inelegíveis".

Debate e entrevistas dos prefeituráveis feirenses na TV Itapoan e Rádio Sociedade da Bahia

Em sorteio realizado na sede da Record, na terça-feira, 29, em Salvador, coordenado pelo gerente de Jornalismo Roberto Quirino, ficou definida a ordem das entrevistas que os candidatos a prefeito de Feira de Santana concederão, ao vivo, no programa "Balanço Geral", da TV Itapoan, de 25 a 28 de agosto próximo.
Com a duração de oito minutos, com início ao meio-dia, o primeiro entrevistado pelo jornalista Marcus Pimenta será o candidato do PSDB José Almeri Bastos, no dia 25, seguido por Sérgio Carneiro (PT), no dia 26, Tarcízio Pimenta (DEM), no dia 27, e Colbert Martins Filho (PMDB), no dia 28.
No mesmo encontro, ficaram definidas as regras para um debate e entrevistas na Rádio Sociedade da Bahia. O debate será realizado no dia 8 de setembro às 8 horas, e terá como mediador José Eduardo, o “Bocão”, com retransmissão pela Rádio Cultura de Feira de Santana e terá quatro blocos. Traz como novidade perguntas feitas por universitários das faculdades FAT, FTC, Uefs e Unef. Já as entrevistas acontecerão na mesma data e ordem adotadas para a TV, um pouco mais cedo, às 8 horas.
(Com infrmações de Maria José Esteves, da Assessoria de Imprensa de Colbert Martins Filho)

terça-feira, 29 de julho de 2008

Ôba-ôba eleitoreiro

Deu no "Blog do Programa Renato Ribeiro":
Enquanto a violência campeia em Feira de Santana e obras importantes estão paralizadas, o Governo do Estado continua na maior cidade do interior fazendo a política mesquinha do pão e circo. Anunciar licitações e retomada do obras em pleno período eleitoral é, no mínimo, subestimar da inteligência do eleitor. Desculpas esfarrapadas e cretinas, são dadas a todo instante para justificar a inoperância e incompetência de um governo que vive na ilusão do "vamos fazer".
Vou continuar cobrando ostensivamente deste governo ações em favor da minha cidade, não me rendo a míseros centavos investidos em campanhas publicitárias mentirosas e fajutas que calam a boca de alguns. Não me convidem para ir a governadoria, evitem telefonemas constrangedores, não sou de acordos e sim de trabalho, que faço de forma honesta, em respeito aos mais de 40 mil ouvintes que me acompanham diariamente.
Quanto ao deputado, que foi a sala do secretário de Comunicação do Estado Robinson Almeida, falar mal de mim, não se preocupe, pode continuar com a retaliação. Eu estou com a consciência de cumprir com a minha obrigação profissional, não faço parte do rol de bajuladores e sanguessugas do poder. Já fui, inclusive, ameaçado de processo por criticar o governo. Meu compromisso é com o povo de Feira de Santana, que me prestigia todos os dias ouvindo o meu programa.
Com relação ao ôba-ôba eleitoreiro feito pelos políticos medíocres, vou usar a frase do velho lobo Zagallo: "Vocês vão ter que me engolir".

Miudinhas de Tasso Franco

Deu no "Bahia Já":
1. Ao final do primeiro ano de mandato, o governo da Bahia anunciou na sua propaganda na televisão e em outdoor que havia recuperado 5 mil quilômetros de estradas. Muita gente achou estranho o número, pois seria um resultado excepcional para tão pouco tempo de gestão.
2. Pois bem, nos anúncios de agora, com um ano e meio de mandato, o número de estradas recuperadas caiu para 1 mil. Veja bem, eram 5 mil no primeiro ano e com mais seis meses o número total passou a ser cinco vezes menor.
3. O mesmo acontece com habitação, quando foi anunciada a implantação de 20 mil novas residências - misturando os programas antigos às autorização de construção, mas a propaganda de agora paresneta um número bem mais modesto - 6 mil habitações. Nesse caso há a ressalva que se fala em casas "entregues".
4. O governador e sua chefe da Casa Civil anunciaram que 60% das obras do PAC estão em andamento e 28% em licitação, com um investimento total de R$ 1,98 bilhão. Porém, ao lançar as obras, o presidente Lula disse que seriam investidos R$ 20 bilhões do PAC na Bahia - número esse que aparece inclusive na entrevista de hoje de Lula em A Tarde.
5. Quer dizer que menos de 10% dos recursos disponíveis do PAC foram de fato investidos em um ano e meio de governo. Esse número de 60% deve significar, na melhor das hióteses para o governo estadual, que 60% das obras do PAC na Bahia foram iniciadas. Ou então é mais uma jogada de marketing para evitar que Lula voltasse agora a cobrar mais agilidade do governo baiano.

Curso de Formação para coordenadores pedagógicos

Mais de 80 professores que atuam na função de coordenação pedagógica participam até esta quinta-feira, 31, do primeiro módulo do Curso de Formação oferecido pela Secretaria da Educação para profissionais da área. A palestra da professora Rita de Cássia Araújo de Moraes, da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), abriu o curso na noite de segunda-feira, 28, no auditório do Colégio Luís Eduardo Magalhães. A programação está acontecendo agora na Unisa.
A secretária da Educação, Ana Rita de Almeida Neves, disse que o investimento na coordenação pedagógica é uma reivindicação das escolas que tem sido intensificada nos últimos meses.
“A Secretaria investiu na seleção de professores e ampliou consideravelmente o quadro de coordenadores. Atualmente, temos 80 profissionais que estão atuando em escolas da rede tanto na cidade como na zona rural. O trabalho de coordenação está atrelado à meta prioritária do planejamento estratégico da Rede Municipal, que é a aprendizagem de todos os estudantes. Investindo na coordenação pedagógica estamos garantindo o trabalho mais eficiente dos professores e daí, uma escola melhor”, observa.
(Com informações de Lineia Fernandes, da assessoria da Secretaria de Educação)

José Ronaldo abraça com firmeza campanha de Tarcízio Pimenta

Experiente liderança política feirense acompanha o candidato do DEM pela cidade

Até mesmo os mais fiéis seguidores políticos têm se mostrado surpresos com a garra e o apetite com que o prefeito José Ronaldo de Carvalho abraçou acampanha do deputado Tarcízio Pimenta, seu candidato à Prefeitura de Feira de Santana.
Contrariando, principalmente, especulações pré-eleitorais dando conta de que, embora assumisse a candidatura de Tarcízio, lavaria as mãos à sua campanha, José Ronaldo vem atuando no seu ambiente natural, revelando ainda mais aguda a habilidade política que fez dele o articulador sério e cumpridor de acordos, quando atuou como líder da bancada do governo Paulo Souto, na Assembléia Legislativa
Coordenador político da coligação "Feira Vai Continuar Princesa", José Ronaldo arregimentou e deu liga a um conglomerado de uma dúzia de agremiações políticas em torno do seu candidato, atraiu ex-adversários históricos à sua causa, operou com rigor para aplacar disputas dentro das próprias hostes e, subvertendo expectativas de críticos mais açodados, tirou da cartola o nome do ex-vereador Paulo Aquino para compor a chapa majoritária como vice de Tarcízio.
Presente a todos os atos da campanha de Tarcízio, o prefeito de Feira de Santana tem sido aclamado em ruas e bairros por onde a comitiva do candidato do Democratas cumpre exaustiva agenda, desde que a campanha eleitoral foi deflagrada oficialmente, no dia 6 de julho.
São reuniões, visitas, caminhadas, comícios, almoços, jantares e uma infinidade de eventos que têm que ser cumpridos à risca para atender aos convites de lideranças políticas, candidatos a vereador, associações, sindicatos, clubes de serviços etc.
Um dos mais bem avaliados prefeitos do Brasil, atingindo picos de popularidade acima dos 90%, José Ronaldo de Carvalho se movimenta para consagrar a vitória de Tarcízio Pimenta, ainda no primeiro turno das eleições, enquanto prepara o dia de voltar, em 2010.
(Com informações de Jorge Magalhães, da assessoria de Comunicação do deputado Tarcízio Pimenta)

Conferência no Cuca abre trimestre

A coordenação da OCA está anunciando sua atividade de abertura do trimestre 2008.2, com a conferência "As Dimensões na Narrativa da Pintura e da Linguagem: O Caso do Quadro 'A Tempestade', de Giogione, 1508, Veneza", com professor Alberto Olivieri, da Escola de Belas Artes e Arquitetura da Universidade Federal da Bahia. Será no dia 11 de agosto às 15 horas, no Teatro do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca).

Presunção

Por Cristóvam Aguiar
A palavra é essa. Poderia ser arrogância, prepotência, vaidade, ou qualquer outra que valha. Mas o pároco da Catedral, padre Pedro Júnior, usou a palavra mais certa para definir o episódio que envolveu o senador João Durval e o seu filho, deputado Sérgio Carneiro, na missa do dia da padroeira.
Políticos estão habituados e serem reverenciados em todos os lugares que chegam. Mas isso era em um tempo em que eles eram respeitados e se davam ao respeito. Nestes tempos de “mensalão”, “oportunity”, “dólares na cueca”, “malas de dinheiro” e roubalheira generalizada, até mesmo gente com serviço prestado, como é o caso do senador João Durval, tem que abaixar a cabeça e rever seu comportamento. Porque, se não pecou por ação, pecou por omissão.
Ademais, não se chega à casa dos outros e vai entrando sem pedir licença. Muito menos à casa de Deus. Perante ele, somos todos iguais. Feira de Santana é grata ao senador João Durval por tudo que ele fez por Feira de Santana. Mas isso não lhe dá o direito de entrar onde bem quiser e ocupar o lugar que lhe aprouver. Se está à cata de bajuladores, vá para o Senado. Lá, certamente, encontrará muitos. Aliás, eu acho que o senador João Durval deveria terminar o seu mandato e se aposentar. Não é justo nem necessário que ele encerre sua brilhante carreira política sofrendo o enorme desgaste que seu filho vem lhe impondo ano após ano.
Cristóvam Aguiar é jornalista

Agenda de Sérgio Carneiro

Nesta terça-feira, 29, o prefeiturável Sérgio Carneiro tem a seguinte programação:
- Reunião com lideranças, às 9 horas;
- Visita em bairro da cidadeo, às 14h30;
- Reunião com a coordenação de campanha, às 18 horas.
(Com informações da Coordenação de Comunicação e Imprensa)

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Programação de agosto do "Bahia de Todos os Filmes"

Em agosto, o programa “Bahia de Todos os Filmes”, vinculado ao Cineclube Imagens - Cinema na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), que há quatro anos incentiva a cultura cinematográfica nesta cidade, apresenta filmes baianos ganhadores e participantes de mostras e festivais em todo o Brasil e em alguns lugares do mundo.
Como exemplo, o filme “A Lenda da Lagoa Vermelha”, de Eutímio Carvalho, selecionado em festivais do exterior, como Câmera Mundo - Brazil Edition Independent Film Festival, em Roterdam, na Holanda, e First Art For Peace Film and Theater Festival, de Alexandria, no Egito. Além de “A Lenda da Lagoa Vermelha”, nesta temporada, o “Bahia de Todos os Filmes” contará com a presença dos premiados “Eu Me Lembro”, de Edgard Navarro, “Samba Riachão”, de Jorge Alfredo, “Esses Moços”, de José Araripe Jr; e finalizando, com a posição feminina diante da sociedade revelada pelos close-ups de um rosto de mulher entrecortado por imagens de um espaço soteropolitano e pela trilha do curta "Bolachinha de Goma”, de Leon Sampaio, selecionado para o festival de cinco minutos de 2007. A programação é realizada toda terça-feira, na sala de projeção da Biblioteca Central da Uefs.
Programação
"Eu Me Lembro", de Edgar Navarro, 2006, 108 minutos, ficção, cor, no dia 5, às 18 horas;
"Esses Moços", de José Araripe Jr, 2007, 84 minutos, ficção, cor, dia 12, às 18 horas;
"Samba Riachão", de Jorge Alfredo, 2001, 86 minutos, documentário, cor, dia 19, às 18 horas;
"Bolachinha de Goma", de Leon Sampaio (que deverá estar presente), 2007, cinco minutos, ficção, cor; e "A Lenda da Lagoa Vermelha", de Eutímio Carvalho, 2007, 29 minutos, ficção, cor, no dia 26, às 18 horas.
(Com informações de Aloma Galeano)

Indignação de religioso pela violência

Ainda está ecoando entre os fiéis católicos que seguiram a procissão da padroeira, no sábado, 26, os protestos com que o padre Pedro Júnior criticou o crescente quadro de violência em Feira deSantana.
O pároco acentuou a contradição de a procissão percorrer as ruas da cidade "manchadas de sangue pela violência", numa alusão ao número de mortes que vem atormentado a população e ganhando espaço nos meios de comunicação da cidade.

Só faltou carregar o andor

O que é a política. Ateu convicto, comunista de carteirinha, Messias Gonzaga (PC do B), candidato a vice-prefeito na chapa do petista Sérgio Carneiro, só faltou carregar o andor da padroeira do lugar na procissão, no sábado, 26.

Lembrando caminhada no centro




























































Na tarde de sexta-feira, 25, antes da inauguração do seu comitê de campanha, o prefeiturável Tarcízio Pimenta e o prefeito José Ronaldo de Carvalho e aliados caminharam a partir da praça Monsenhor Renato Galvão, passando pela rua Conselheiro Franco, praças da Bandeira e João Pedreira e avenida Getúlio Vargas, até chegar ao local.
Fotos de Antonio Carlos.

Senador briga com padre

O fato se deu no sábado, 26, e pouco se noticiou. O Blog Demais só tomou conhecimento agora. É que o senador João Durval Carneiro (PDT) se envolveu em polêmica com o padre Pedro Júnior, durante a missa em louvor à padroeira do lugar, na Catedral Metropolitana. Ele veio participar da campanha do filho Sérgio Carneiro (PT), que é candidato a prefeito PT. O problema se deu porque o senador chegou atrasado e não encontrou lugar no templo católico, provocando o burburinho por exigir "respeito" do padre pela sua condição de "eu sou senador da República". Padre não gostou nada da atitude e deitou falação em programa de rádio, na manhã desta segunda-feira, 28.

Desespero e fraqueza da oposição

Enquanto o programa "Rotativo News", ancorado pelo radialista Joilton Freitas, na Rádio Sociedade, de segunda-feira a sexta, entre 15 e 16 horas, anuncia a divulgação nesta quarta-feira, 30, de mais uma pesquisa de intenção de voto para as eleições de 5 de outubro, que deverá confirmar a liderança do prefeiturável Tarcízio Pimenta na ponta, ampliando o número da pesquisa divulgada anteriormente, adversários do Democrata estão tentando impedir o seu conhecimento público.
A situação demonstra o desespero das oposições ao prefeito José Ronaldo de Carvalho e ao seu candidato, Tarcízio Pimenta. Também, uma demonstração de fraqueza, pois passando esse recibo, revelam que estão tendentes a jogar a toalha.

Nova música concorrente no Festival de Música Gospel

A primeira eliminatória do I Festival de Música Gospel Princesa do Sertão, que será realizada nesta sexta-feira, 1º de agosto, a partir das 19 horas, no Mega Fest, tem uma nova música concorrente, “Encontro”, de Cleber Souza, que ocupa o lugar de “Acreditei”, de Shirley Albuquerque. Segundo a coordenação do Festival, essa participante não compareceu a nenhum dos ensaios programados em estúdio. Pelo regulamento, em seu artigo 14, “o não comparecimento nas datas marcadas previamente pela coordenação implicará em desclassificação automática da candidata”.
A segunda eliminatória do Festival de Música Gospel acontece no sábado, 2, no mesmo local. A entrada é franqueada ao público para as duas eliminatórias. A final do evento realizado pela Prefeitura de Feira de Santana, através da Fundação Cultural Egberto Costa (Departamento de Atividades Culturais) e Secretaria da Cultura, Esporte e Lazer, está marcada para o dia 16, também no Mega Fest.

Universidade Estadual não tem autonomia

“As universidades estaduais da Bahia estão agonizando”. É o que afirmam reitores e dirigentes de entidades vinvuladas. A situação dos cursos superiores mantidos pelo Estado é pré-falimentar, segundo os próprios reitores, que têm denunciado o descuido do governo petista com relação aos problemas enfrentados pelas instituições, o que as levou a uma situação insustentável.
Em documento assinado por representantes de todas as entidades ligadas às quatro universidades, eles manifestaram repúdio ao tratamento dedicado às instituições, até contra a interferência do Conselho de Pessoal (Cope) - órgão que rege a política de recursos humanos do estado -, na autonomia universitária.
A revogação da lei 7.176/1997, que permitiu a interferência do governo nas instituições superiores de ensino do Estado, bem como o repasse de 5% da receita líquida de impostos às universidades - hoje o repasse é de 4,14% -, era compromisso assumido antes da posse pelo governador Jaques Wagner, segundo os integrantes. Até hoje nada foi feito nesse sentido.
Na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), por exemplo, a Reitoria não tem mais autonomia para assinar um simples processo de aposentadoria - o governador é quem assina.
Todos entendem que o restabelecimento da autonomia administrativa permitiria corrigir distorção grave como essa, daí ser uma das principais reivindicações.

Caminhada de Tarcízio na rua Araújo Pinho


























































Imagens de caminhada do prefeiturável Tarcízio Pimenta, sempre ao lado do prefeito José Ronaldo, que falam por si proprias. Foi na noite de sexta-feira, 25, na rua Araújo Pinho, Olhos d'Água.
Fotos: Antonio Carlos


Ceteb divulga segunda chamada do Processo Seletivo 2008

O Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia (Ceteb) está divulgando listas da segunda chamada do Processo Seletivo 2008.
Para ver as listas, acesse o site do Ceteb (www.cetebfsa.com.br) ou da Secretaria de Educação (www.sec.ba.gov.br) ou clique num dos links a seguir:
<http://www.cetebfsa.com.br/processoseletivo2008.html>
<http://www.sec.ba.gov.br/suprof/lista_segunda_chamada.pdf>

Agenda de Sérgio Carneiro

Nesta segunda-feira, 28, o prefeiturável Sérgio Carneiro (PT) está fazendo caminhada em feira livre desde às 8 horas. À tarde, faz reunião com coordenação de campanha.
(Com informações da Coordenação de Comunicação e Imprensa)

Veículo da Reitoria tem motorista com carteira falsa

O Blog Demais recebeu a informação, de fonte fidedigna, que carro oficial da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), à serviço da Reitoria, foi parado numa blitz na BR-324, vindo de Salvador para Feira de Santana, semana passada. Os patrulheiros rodoviários federais prenderam a carteira de habilitação do motorista, sob a alegação de que era clonada, falsa, depois de verificação feita.
Depois de muita conversa e convencimento, o reitor José Carlos Barreto acabou contornando em parte a situação e veio dirigindo o veículo no restante do percurso. Ainda não se tem notícia sobre a abertura de processo de sindicância.

domingo, 27 de julho de 2008

Academia apresenta biografia de Áureo Filho

Continuando com a proposta de apresentar para a comunidade a biografia dos seus patronos, a Academia de Educação de Feira de Santana (Acefs) estará realizando sua segunda sessão pública, no dia 1º de agosto, às 16 horas, no auditório do Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia (Ceteb), para a apresentação da vida e obra de Áureo de Oliveira Filho, pela acadêmica Maria Cristina de Oliveira Menezes.
A sessão deverá contar com a presença de estudantes, não só de segundo grau mas também de faculdades, além de pessoas da comunidade, autoridades e amigos da família do homenageado.
Com este propósito, a Academia vem conseguindo divulgar a biografia dos seus patronos, "ilustres pessoas que deram sua grandiosa e valiosa parcela de contribuição no desenvolvimento não só de Feira de Santana mas do Estado e do país", como afirmou a presidente Anaci Bispo Paim.

Agenda de Tarcízio Pimenta

Nesta segunda-feira, 28, o prefeiturável Tarcízio Pimenta (DEM) tem a seguinte agenda:
- Atendimento no Comitê Central e viagem para Salvador, pela manhã;
- Reunião com o candidato Antônio Fopa, no Tomba; com o candidato Guda, na Matinha; e com o candidato Pedro Paulo, no Viveiros, na parte da tarde;
- Reunião de coordenação de campanha, à noite.
(Com informações da assessoria de Tarcízio Pimenta)

Trupe

Informaram ao Blog Demais que tinha mais diretores de linguagens artísticas da Fundação Cultural do Estado da Bahia, do que artistas feirenses, na visita do secretário de Cultura Márcio Meirelles, na manhã de sexta-feira, 25.

sábado, 26 de julho de 2008

Agenda de Tarcízio Pimenta

O prefeiturável Tarcízio Pimenta (DEM) tem a seguinte agenda para este domingo, 27:
Pela manhã
- Café da manhã em comemoração ao Dia do Motociclista, na praça João Barbosa de Carvalho, com o prefeito José Ronaldo;
- Missa de Nossa Senhora Santana no Galhardo, com o prefeito José Ronaldo;
- Reunião com o vereador Maurício Carvalho e lideranças;
Pela tarde
- Reunião com o candidato a vereador José Marcone e comunidade do Campo Limpo;
- Lançamento da candidatura de Bastinho, na Queimadinha;
- Presença no aniversário de Nilton Dondon;
- Reunião com o vereador Lulinha e o prefeito José Ronaldo, em Jaguara;
À noite
- Caminhada no Feira V.

Metáforas e simbologias para atacar regime ditatorial

Jan Stöckl em "O Baile dos Bombeiros", uma preciosidade
Reprodução
O tcheco Milos Forman, radicado nos Estados Unidos, é diretor de filmes como "Procura Insaciável" (Taking Off), 1971; "Um Estranho no Ninho" (One Flew Over the Cuckoo's Nest", 1975; , "Hair" (Hair), 1979; "Na Época do Ragtime" (Ragtime), "Amadeus" (Amadeus), e "O Povo Contra Larry Flint" (The People Vs. Larry Flint), 1996. Ganhou dois Oscar de Melhor Direção com "Um Estranho no Ninho" e "Amadeus".
Neste sábado, 26, garimpei e assisti uma jóia do cinema tcheco, a comédia ligeira, sensível, mas de provocante conotação política contra regimes ditatorias, "O Baile dos Bombeiros" (Horï, Má Panenko), cuja tradução do original é "Fogo, Minha Garota", realizado em 1967, que tem Milos Forman como diretor. Ele retrata na tela o anseio por um país livre, sem regime ditatorial. Desconhecia a existência deste filme, que até teve uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.
Trata-se de uma sátira sobre um baile dos bombeiros, alegre e cheio de confusões, onde nada dá certo - de um concurso de beleza, no qual as participantes relutantes, envergonham os organizadores; um bingo no qual quase todos os prêmios ridículos são furtados.
Considerado um marco da chamada Nova Onda Tcheca, "O Baile dos Bombeiros" foi o primeiro filme colorido e último que ele realizou na antiga Tchecoslováquia antes de embarcar para os Estados Unidos. Mesmo com as metáforas e simbologias usadas para driblar a censura, o filme teve restrição imposta pelo regime comunista do país, sendo proibido e banido. As autoridades viram na história de um grupo de bombeiros que organizam um baile para presentear o seu comandante mais idoso, uma revelação dos problemas pelos quais o país passava. A demora na escolha da rainha do baile é uma crítica à burocracia; o atraso dos bombeiros para controlar um incêndio demonstra a ineficiência do Estado; os furtos das pequenas premiações de um bingo cometidos pelos participantes da festa fala sobre a falta de bens de consumo.
O filme também mostra que a tendência de governos totalitários em censurar obras de arte, de limitar o direito de expressão, é uma prova concreta de como são autoritários. "O Baile dos Bombeiros" é para ser percebido em seus detalhes. Enriquece a dvdteca deste cinéfilo.

Mast incentivado a ocupar Teatro

O secretário de Cultura Márcio Meirelles, que esteve em Feira de Santana, na manhã de sexta-feira, 25, incentivou abertamente a ocupação da obra - paralisada há um ano, seis meses e 26 dias - do Teatro e Centro de Convenções (ou Centro Múltiplos de Eventos, como está em placa colocada pelo governo, com erro de concordância). "Nossa preocupação é apoiar iniciativas de ocupação, que podem ser acompanhadas também pelos artistas locais", afirmou, segundo está no jornal "Tribuna Feirense" deste sábado, 26. Disse mais que "já me comprometi a dirigir o espetáculo de inauguração".
O Movimento dos Artistas Sem Teatro (Mast) deve estar adorando o incentivo.

Vantagem de Tarcízio dá molho à campanha

O prefeito José Ronaldo de Carvalho em sua fala na abertura do comitê de Tarcízio Pimenta, no início da noite de sexta-feira, 25, disse que seu candidato está "com mais de 60% de intenções de voto". Antes, o senador César Borges comentou que "apesar de não ter pesquisa divulgada os números que estamos ouvindo colocam Tarcízio numa vantagem muito grande em relação os outros candidatos”.

Agenda de Sérgio Carneiro

O prefeiturável Sérgio Carneiro (PT) tem a seguinbte agenda neste sábado, 26:
- Participa de Missa em louvor à Senhora Santana, às 10 horas;
- Participa da solene procissão de Senhora Santana, às 16 horas.
No domingo, 27:
- Realiza caminhada em bairro, às 10h30;
- Realiza carreata em distrito, às 16 horas;
- Participa de evento em bairro, às 17 horas.
(Com informações da Coordenação de Comunicação e Imprensa)

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Feira não está na agenda de Lula

Lula estará na Bahia na próxima terça-feira, 28. Feira de Santana está fora do roteiro de visitas para desespero dos deputados federais Colbert Martins Filho (PMDB) e Sérgio Carneiro (PT), ambos candidatos a prefeito, que brigam para usar a imagem do presidente. Ele participará de atividades em Candeias e Salvador.

Pimenta tempera política

Com três semanas de campanha, Tarcízio definitivamente apimenta as eleições em Feira de Santana. A caminhada e a inauguração do comitê, nesta sexta-feira, 25, foi uma mostra de como o prefeito José Ronaldo temperou com pimenta a política, que está mais excitante e estimulante, deixando todos com apetite em votar no seu candidato.
A propósito, com entusiasmo, José Ronaldo revelou em sua fala que está chamando Tarcízio de "Pimenta-de-Cheiro"

Número impressionante

"Como médico cirurgião já fiz mais de 45 mil operações", disse o prefeiturável Tarcízio Pimenta, para reforçar que conhece as áreas social e de saúde, em seu apimentado discurso na inauguração do comitê.

"Pimenta neles!"

"Pimenta neles!". O bordão foi o que mais se ouviu na inauguração do comitê de Tarcízio Pimenta.

Consideração

Do senador César Borges sobre o ex-governador Paulo Souto, na inauguração do comitê de Tarcízio Pimenta: "Ele é amigo permanente de Feira de Santana".

Nem precisou nominar

Em sua fala na inauguração do comitê de Tarcízio Pimenta, na tarde/noite desta sexta-feira, 25, o deputado estadual Fernando Torres, que é da base do governo Wagner - mas que entrou de cabeça na campanha do Democratas e aliados -, afirmou que "caminhada do concorrente foi realizada com 12 pessoas, todas dos gabinetes do senador e do deputado". Não disse os nomes (de João Durval e Sérgio Carneiro), mas nem precisava.

Melhores e impactantes momentos da inauguração do comitê de Tarcízio Pimenta
























































Fotos: Antonio Carlos
Multidão de simpatizantes participou no final da tarde e início da noite desta sexta-feira, 25 (bem apropriado, pois o número do DEM) da inauguração do comitê de campanha de Tarcízio Pimenta a prefeito de Feira de Santana, na avenida Getúlio Vargas, depois de caminhada pelo centro da cidade, iniciada na praça Mons. Renato Galvão. Além do prefeiturável, as presenças do prefeito José Ronaldo de Carvalho, senador César Borges, ex-governador e presidente do Democratas Paulo Souto, além do deputado federal Fernando de Fabinho, suplente de deputado federal Jairo Carneiro, deputados estaduais Heraldo Rocha, Gildásio Penedo, Fernando Torres, Eliédson Ferreira, Sandro Régis. Também o candidato a vice-prefeito Paulo Aquino, suplente de deputada estadual Eliana Boaventura, ex-deputado Humberto Cedraz, vereadores e candidatos a vereador.
Jingle de campanha, fogos, aplausos e vivas entrecortaram as falas contundentes e incisivas das lideranças políticas, unidas para que Tarcízio faça "o terceiro mandato de José Ronaldo". Santinhos e praguinhas foram distribuídos, assim como cartazes de candidatos foram levantados.

Pensando na boquinha

No encontro na manhã desta sexta-feira, 25, com o secretário da Cultura, melhor dizer Curtura, Márcio Meirelles, tinha artista e político querendo saber quem vai dirigir o espaço. Nem está pronto nem se sabe se o governo petista consegue aprontar e o pessoal já está pensando na boquinha.

Dia dos Pais tem promoção no Iguatemi

A partir da próxima quarta-feira, 30, o Shopping Iguatemi dará início à campanha do Dia dos Pais. Em parceria com o Visa, o Iguatemi presenteará com um lindo relógio unissex, todos os clientes que realizarem suas compras com o cartão. As compras a partir de R$ 150,00 darão direito a troca, que estará sendo feita no balcão localizado na alameda Ângela Oliveira. A promoção acontecerá até enquanto durar o estoque.

Oficina de Modelos no Iguatemi

Será realizada nos dias 29, 30 e 31, no auditório do Iguatemi, a Oficina de Modelos, promovida pela Agência de Modelos Mega Models Bahia em parceria com o Shopping, e abordará temas que envolvem a profissão de modelo.
A agência tem o intuito de capacitar pessoas e garimpar novos talentos no interior do Estado. A Oficina será formada por duas turmas (uma das 14 às 17h30 e outra das 18 às 21h30). Tem como facilitadores os modelos Maria Tereza Amaral e Luiz Vieira Neto, ambos com ampla experiência internacional na área. Ao final do curso os alunos receberão um certificado emitido pela Mega Model Agency Bahia, que os habilita a retirar o Registro de Modelo Profissional na Delegacia Regional do Trabalho (DRT), documento necessário para a participação em desfiles profissionais. A inscrição custa R$ 100,00 e deve ser feita no balcão localizado próximo à entrada da praça Olney São Paulo (a de alimentação) do Shopping. A idade mínima para participação na oficina é oito anos. Maiores informações através do site www.iguatemifeira.com.br.

Orquestra do Estado de Mato Grosso toca repertório de Villa-Lobos na quinta-feira

Realização do Sesc
através do projeto Sonora Brasil
de Formação de Ouvintes Musicais


O projeto Sonora Brasil de Formação de Ouvintes Musicais, do Serviço Social do Comércio (Sesc), neste ano tem como tema Heitor Villa Lobos, uma homenagem ao grande compositor brasileiro. Em 2007 foi registrado silenciosamente o 120º ano de seu nascimento, enquanto em 2009 irá registrar o cinqüentenário de sua morte. O ano de 2008 representa então um marco intermediário mais do que propício para o desenvolvimento de iniciativas que sistematize processos de difusão da produção musical do compositor.
Assim, nesta primeira etapa do projeto Sonora Brasil 2008, Feira de Santana vai receber na próxima quinta-feira, 31, a Orquestra do Estado do Mato Grosso, formada por 20 músicos de várias partes do mundo e de diversos estados brasileiros. A orquestra valoriza a cultura mato-grossense em diálogo com a música universal, solidificando um grupo singular, com repertório e timbres únicos.
Esta orquestra é uma iniciativa do Governo do Estado de Mato Grosso, através da Secretaria de Cultura, e tem como patrocinadores as empresas Votorantim, Bimetal e Nortox, através da Lei de Incentivo à Cultura/Ministério da Cultura, e como apoiadores as empresas Localiza, Fisk Inglês e Espanhol, Amazon Hotel, Editora Tanta Tinta, Soul Propaganda e Sistema Fecomércio-Sesc-Senai de Mato Grosso.
A apresentação será às 20 horas, no Teatro do Centro de Cultura Amélio Amorim. Ingressos: inteira R$ 6,00 e meia R$3,00 (extensiva a comerciários com carteira do Sesc), estudantes (com carteira), classe artística e servidores do Sistema Fecomércio - Bahia (crachá funcional).
REPERTÓRIO
Heitor Villa-Lobos (1887-1959)
"Bachianas Brasileiras nº 9"
- Prelúdio (Vagaroso e místico)
- Fuga (Poco apressado)
"Bachianas Brasileiras nº 4"
(Adaptação: Leandro Carvalho)
- Prelúdio (Introdução)
- Coral (Canto do Sertão)
- Ária (Cantiga)
- Dança (Miudinho)
"Ciranda das Sete Notas"
Alexandre dos Santos, fagote
Cirandas
(Adaptação: Leandro Carvalho)
- Nesta Rua (Ciranda nº 11)
- Pobre Cega (Ciranda nº 05)
- A Condessa (Ciranda nº 02)
- O Cravo Brigou Com a Rosa (Ciranda nº 04)
"Choro nº 5"
- Alma Brasileira
(Adaptação: Sérgio Barbosa)
"Danças Características Africanas"
- Danças dos Índios Mestiços do Brasil
(Adaptação: Leandro Carvalho)
- Farrapos
- Kankukus
- Kankikis
"Bachianas Brasileiras nº 4 e nº 9"
A motivação para compor as obras do ciclo Bachianas Brasileiras, de acordo com o próprio Villa-Lobos, foi as semelhanças que encontrou entre músicas folclóricas ou populares do sertãobrasileiro e a obra do alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750).Os movimentos desta série têm constantemente um nome duplo, sendo o primeiro dentro da tradição erudita da música de concerto, como prelúdio, coral e ária, e o segundo correspondendo ao ritmo popular a que se refere, como cantiga e canto do sertão.
A ORQUESTRA E A TURNÊ
A Orquestra do Estado de Mato Grosso foi criada em 2005 e tem crescimento sólido e vigoroso, ano após ano. O projeto Sonora Brasil, do Sesc, desde abril que promove turnê em 78 cidades de 22 estados, principalmente as capitais brasileiras.
A orquestra apresenta um repertório com composições de Heitor Villa-Lobos, em adaptações do maestro Leandro Carvalho. A orquestra já esteve no Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Espirito Santo, Mato Grosso, Tocantins, Rondônia, Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, com apresentação nesta sexta-feira, 25, vindo para a Bahia, onde termina as apresentações. Neste sábado, 26, em Paulo Afonso; na segunda-feira, 28, em Jequié; na terça-feira, 29, em Vitória da Conquista;na quarta-feira, 30, em Santo Antônio de Jesus; na quinta-feira, 31, em Feira de Santana; e na sexta-feira, 1º de agosto, em Salvador.
O MAESTRO
Para Leandro Carvalho, maestro da orquestra, a turnê é uma espécie de devolução do trabalho de Villa-Lobos para o Brasil. "Estamos percorrendo praticamente todo o país, do litoral ao interior, atravessando regiões não só geográficas, mas também culturais, entrando em contato com esse universo riquíssimo que Villa-Lobos se debruçou ao longo da vida e que inspirou suas obras".
O maestro Leandro Carvalho afirma que o público poderá sentir de perto um grupo que está fazendo concertos praticamente todos os dias. "A sintonia não poderá estar mais fina", garantiu. "É a maior turnê que uma orquestra brasileira já realizou. E ainda por cima, tocando a obra de nosso maior gênio, Heitor Villa-Lobos. As futuras gerações lembrarão desta epopéia que ficará marcada na história do país" concluiu.
Leandro Carvalho foi apontado como um dos dez artistas de maior importância na música clássica da década. O responsável pela indicação foi o "Anuário Viva Música 2008", periódico editado anualmente pela revista de mesmo nome, especializada em música clássica e considerada a mais importante publicação do segmento. Na lista, estão nomes como os dos maestros Roberto Minczuk, Isaac Karabtchevsky e John Neschling, atual regente da Orquestra Sinfônica de São Paulo, a maior do país. Também presentes na lista, Alex Klein, ganhador de um prêmio Grammy em 2002, o pianista Nelson Freire e o violoncelista Antonio Meneses, considerado um dos maiores do mundo.
Com 32 anos, Leandro Carvalho é o mais jovem músico na lista que conta com artistas de carreiras já consolidadas e bem conhecidas do público e da mídia, e o único a residir e a desenvolver suas atividades fora dos grandes centros. Expandindo as fronteiras da música erudita no interior do país, num Estado mais conhecido pela produção agropecuária e pelos problemas ambientais, o trabalho do maestro a frente da Orquestra do Estado de Mato Grosso contribuiu decididamente para esta indicação. O que faz da sua experiência algo único no país é a soma de empreendedorismo e sensibilidade na formação de um grupo de músicos profissionais de diversas origens, dispostos a investir no projeto da consolidação de uma orquestra com alto nível técnico e artístico, comprometida com a transformação social e a valorização das referências culturais da região.
(Com informações de Ana Paula Barbosa Gonzaga, orientadora social do Sesc-Feira, e da Assessoria de Comunicação da Orquestra do Estado de Mato Grosso)

PPS e PV ainda sem candidaturas registradas no TSE

No DivulgaCand, link de Divulgação de Registro de Candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda não consta registro de candidatos do PPS e PV de Feira de Santana. Consulta pelo Blog Demais foi feita às 16h30 desta sexta-feira, 25.
No link, todos os dados são de responsabilidade do candidato informados, declarados e comprovados no momento do Registro de Candidaturas. As consultas que não detalharem a situação do candidato apresentarão os números referentes aos candidatos que estiverem com o registro nas seguintes situações: Cadastrado: aguardando julgamento; Impugnado: com notícia de inelegibilidade; e Inapto: cancelado, renúncia, falecido, inelegível, cassado, não conhecimento do pedido, indeferido; e Apto: deferido, indeferido com recurso, deferido com recurso e substituto majoritário pendente de julgamento.

Não dá para entender mais nada

O encontro do secretário de Cultura Márcio Meireles com artistas e políticos de Feira de Santana acabou acontecendo pela manhã no canteiro abandonado das obras do Teatro e Centro de Convenções.
Pelos relatos feitos ao Blog Demais, ninguém se entusiasmou com o lero-lero do secretário.

Máxima do jornalismo confirmada

“Balance o Cachorro” é a tradução literal para “Wag the Dog”, filme que no Brasil levou o título de “Mera Coincidência”, de 1997, com Dustin Hoffman e Robert De Niro. Por que o cachorro balança o rabo? A resposta seria porque ele é mais esperto do que o apêndice. O contraditório é uma analogia à manipulação da mídia.
Alunos de Jornalismo e Publicidade da Unef assistem ao filme, como complemento de aula de Língua Portuguesa, da professora Helanya Carneiro, uma mostra de como a mídia e o público podem ser facilmente manipulados.
Também remete a uma antiga máxima do jornalismo de que um cachorro morder alguém não é notícia, sim o contrário. Pois, isso aconteceu esta semana. Em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte-MG, um menino de 11 anos mordeu um cão pit bull e se livrou do ataque do animal. Virou notícia até internacional.

Homenagem equivocada

Quem é Luiz Carlos Tourinho? Trata-se de um ator, nascido em Niterói-RJ, que morreu em 21 de janeiro deste ano. Ele vai ser homenageado pela Cia Cuca de Teatro nominando o troféu do 1º Festival Nacional de Teatro de Feira de Santana (Fenatifs), que será realizado de 6 a 12 de outubro deste ano pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) através do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca).
Cada um dá o nome que quiser às coisas, mas trata-se de mais um equívoco perpetrado em Feira de Santana. Luiz Carlos Tourinho foi formado pelo Teatro Tablado, de Maria Clara Machado, e atuou desde a adolescência no teatro, participou de espetáculos como “Miss Banana” (1986), “O Menino Maluquinho” (1999) e “As Cigarras e as Formigas” (2006). Estava na Rede Globo e fez três filmes, inclassificáveis, da Xuxa. Mas, ninguém em Feira de Santana, a não ser quem achou de prestar a homenagem, sabe quem é ele.
Lembrar que nomes locais poderiam receber a homenagem póstuma. Exemplos do ator Irving São Paulo, que em 10 de agosto completa dois anos de falecido; do diretor e produtor Francisco Barreto Barreto, que por muito tempo promoveu o teatro em Feira de Santana, inclusive realizando por anos o Festival de Teatro Amador e Universitário; da atriz Margarida Ribeiro (dá nome ao Teatro Municipal e a alameda do Shopping Iguatemi); do ator e diretor Aliomar Simas (dá nome a Galeria de Arte no Centro de Cultura Maestro Miro); e do ator e diretor Francisco Mathiara (nomina a Sala de Leitura do Centro de Cultura Maestro Miro). Os cinco nomes têm a ver com teatro. Outros nomes ligados a Feira de Santana podem ser lembrados.

Comentário de Reinaldo Azevedo sobre os cursos das chamadas "humanas"

Há aí um importante erro de premissa. Para afirmar que os “gênios da direita” (como ele diz de forma jocosa) não passam nesses concursos, forçoso seria que eles disputassem as vagas. E não disputam. Com as exceções de praxe, os cursos das chamadas “humanas” (de fato, filosofia, letras e ciências humanas) são monopólio da esquerda. Então, não há essa disputa. E, se houvesse, a “direita” perderia - ou seja: seria rejeitada nos concursos de acesso. Por quê? Porque essas áreas do conhecimento quase nunca têm um núcleo objetivo que possa ser cientificamente testado, de modo a se endossar ou refutar uma tese. Ao contrário: lidam, antes de tudo, com valores, que, na origem, já são escolhas também ideológicas.
Por que o establishment da área de humanas das universidades é esquerdista? Há nisso o que já poderíamos chamar de “uma tradição”, que remonta aos anos 60. E que se note: não apenas no Brasil. É assim em praticamente todos os países democráticos. Esses cursos abrigam os descendentes daquele pensamento “de resistência” que anteviu, há quatro décadas, o “fim do capitalismo”. Como o capitalismo, é claro, não acabou, o pensamento “resistente”, de matriz socialista, migrou para a proteção e exaltação do que chamo de “vários parcialismos”: passou a defender a mobilização de parcelas da sociedade que não mais falam em nome da sociedade universal - velha ambição da esquerda -, mas de verdades particulares: mulheres, negros, homossexuais, africanismos, orientalismos... Sigamos.
Nas universidades públicas em especial, não basta ter vocação acadêmica ou querer ascender na carreira. É preciso que o estudante que tenha concluído o curso demonstre interesse - e tenha condições financeiras para tanto - pelos vários estágios da pós-graduação e que haja alguém disposto a orientá-lo. Não é possível ascender na carreira acadêmica sem que haja uma espécie de adoção intelectual. Essa já é uma primeira peneira importante. E outras vão se estabelecendo ao longo do caminho. Seria perfeitamente possível uma banca liquidar com as pretensões de um não-alinhado com o establishment na defesa de uma tese. Mas isso nem chega a acontecer porque o não-alinhado já é barrado muito antes.
Nessas áreas do conhecimento, repudia-se a novidade e se busca a reiteração, perpetuado-se esquemas de poder e de influência ideológica. Nas carreiras que são atravessadas pelas demandas de mercado, por mais que a força do velho tente barrar a novidade, esta se impõe porque depende menos da arbitragem subjetiva. Nas chamadas ciências humanas, ou o sujeito paga o preço de endossar a metafísica influente ou está fora do jogo.
Nas universidades privadas, a realidade não é muito distinta, embora se deva atentar para um dado particular. Com raras exceções, quase nunca ela é formadora da, como chamarei?, “mao-de-obra intelectual primitiva”. Explico-me: o celeiro de “pensadores” e “humanistas” que seguirão carreira acadêmica e se dedicarão ao ensino são as universidades públicas, que formam a maioria dos mestres e doutores.
Estabelecida a competição entre eles - todos, já então, de um mesmo lado ideológico - pelos postos nas universidades públicas, o excedente opta pelo ensino privado, onde acaba reproduzindo os mecanismos de poder que o originaram. E que se note: os que não são aproveitados nem no ensino público nem no privado acabam se integrando a ONGs ou a instituições de grandes empresas que resolvem investir em cultura. O "comunismo" mais radical do Brasil, hoje - radicalismo de gabinete -, saibam, está nos institutos culturais financiados por grandes bancos. É gente que lastima a moderação de João Pedro Stedile e que acha o capitalismo uma porcaria...
Voltemos à velha questão: vão criar o comunismo no Brasil? Não, é claro. O comunismo, na forma que se conheceu, subsiste apenas em Cuba e na Coréia do Norte - vale dizer: acabou. Nem a China, hoje uma tirania do capitalismo de estado, é mais exemplo. O que essa gente faz, com sua militância contra os valores universais da democracia, é flertar com formas veladas de autoritarismo, impostas por grupos de pressão que se assenhoram do estado e de seus instrumentos de coerção para impor a vontade de minorias organizadas como se fosse a realização plena da democracia.

OAB-Feira realiza II Encontro da Jornada Jurídica em 1º de agosto

A Comissão de Cursos e Estudos Jurídicos da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Feira de Santana estará realizando o seu II Encontro da Jornada Jurídica, na sexta-feira, 1º de agosto, às 19 horas, no auditório 6 do campus da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). Vladimir Aras, professor da Uefs, tratará sobre "Mega Operações no Cenário Criminal" e "Processo Penal de Massa", e Danilo Andreato, professor da pós-graduação em Direito Penal e Crime Organizado da FTC/EaD, abordará o tema "Técnicas Específicas de Investigação". Os dois têm destacadas atuações na área.
"A idéia destes eventos surgiu na necessidade dos advogados e da comunidade jurídica feirense por eventos que pudessem servir de reciclagem, debates e estímulo ao estudo dos temas atuais do Direito", segundo o advogado Ruy Sandes Leal Junior, membro da Comissão de Cursos e Estudos Jurídicos da Subseção da OAB de Feira de Santana. Para ele, "os encontros não têm uma fórmula fechada. Eles são construídos com a participação da Comissão e dos expositores. Sempre em busca da melhor receita para os envolvidos, inclusive os ouvintes".
Os encontros são mensais com palestrantes destacados. Este será o segundo encontro da Jornada.
Os promotores alertam que o evento será iniciado "impreterivelmente no horário marcado. Diminuímos a tolerância do atraso, para que possamos começar no horário exato e prestigiar aqueles que chegam na hora, além de criar a cultura dos encontros ocorrerem na hora marcada".
Cada palestrante terá 50 minutos. O formato é clássico com dois expositores, presidente de mesa e debates. A inscrição pode ser feita na OAB, no primeiro andar do Fórum Filinto Bastos, no primeiro andar do Fórum Trabalhista ou na hora, no local do evento.
O participantes receberão certificados, de três horas. O investimento é de R$ 10,00 para estudantes de Direito e R$ 20,00 para advogados e demais profissionais.

Aumenta adesão à chapa do Democratas








































































































O prefeiturável Tarcízio Pimenta e seu candidato a vice Paulo Aquino, sempre juntos com o prefeito José Ronaldo de Carvalho, caminharam ontem pelos bairros 35º BI e Subaé, recebendo manifestações de carinho dos moradores, como mostram as fotos de Antonio Carlos.
A cada atividade de campanha aumenta a adesão dos feirenses à chapa do Democratas.